32 anos depois, Alfa Romeo volta à Fórmula 1

Compartilhe!

A Alfa Romeo anunciou que regressará à Fórmula 1 no próximo ano, pondo assim fim ao longo jejum de 32 anos. Tudo isso faz parte da reestruturação da marca.

A Sauber, que fará parceria com a marca italiana, fez o anúncio explicando falando a estratégia comercial e tecnológica.

“Estamos muito felizes por anunciar que a Alfa Romeu irá juntar-se a nós como patrocinadora principal a partir de 2018. A parceria inclui cooperação estratégica, comercial e tecnológica”, afirma o Twitter da equipe suíça, que passará a se chamar Alfa Romeo Sauber F1 Team.

“Este acordo com a Sauber é um passo significativo na remodelação da marca Alfa Romeo”, afirmou por sua vez o chefão da Ferrari, Sergio Marchionne.

A Sauber ainda tem os pilotos para 2018 por definir: o campeão de Fórmula 2, Charles Leclerc, é o favorito a assumir o volante de um dos carros, enquanto Marcus Ericsson e Antonio Giovinazzi (piloto da Ferrari), disputam a outra vaga.

Os motores serão Ferrari. A marca conquistou dois Mundiais de Fórmula 1, em 1950 com Giuseppe Farina e 1951 com Juan Manoel Fangio. No dia 1 de agosto de 1980, o piloto francês Patrick Depailler morreu durante testes em Hockenhein com sua Alfa Romeo 179 de Fórmula 1.


Compartilhe!
简体中文 简体中文 English English Français Français Deutsch Deutsch Italiano Italiano 日本語 日本語 Português Português Español Español