Auto&Técnica | Desde 1995, 23 anos de boas notícias.

32 anos depois, Alfa Romeo volta à Fórmula 1

Compartilhe!

A Alfa Romeo anunciou que regressará à Fórmula 1 no próximo ano, pondo assim fim ao longo jejum de 32 anos. Tudo isso faz parte da reestruturação da marca.

A Sauber, que fará parceria com a marca italiana, fez o anúncio explicando falando a estratégia comercial e tecnológica.

“Estamos muito felizes por anunciar que a Alfa Romeu irá juntar-se a nós como patrocinadora principal a partir de 2018. A parceria inclui cooperação estratégica, comercial e tecnológica”, afirma o Twitter da equipe suíça, que passará a se chamar Alfa Romeo Sauber F1 Team.

“Este acordo com a Sauber é um passo significativo na remodelação da marca Alfa Romeo”, afirmou por sua vez o chefão da Ferrari, Sergio Marchionne.

A Sauber ainda tem os pilotos para 2018 por definir: o campeão de Fórmula 2, Charles Leclerc, é o favorito a assumir o volante de um dos carros, enquanto Marcus Ericsson e Antonio Giovinazzi (piloto da Ferrari), disputam a outra vaga.

Os motores serão Ferrari. A marca conquistou dois Mundiais de Fórmula 1, em 1950 com Giuseppe Farina e 1951 com Juan Manoel Fangio. No dia 1 de agosto de 1980, o piloto francês Patrick Depailler morreu durante testes em Hockenhein com sua Alfa Romeo 179 de Fórmula 1.


Compartilhe!
English English Français Français Deutsch Deutsch Italiano Italiano Português Português Español Español