Auto&Técnica | Desde 1995, 23 anos de boas notícias.

488 Spider é a mais potente das Ferrari conversíveis

Compartilhe!

A Ferrari lançou na edição deste ano do Salão de Frankfurt o mais potente conversível de motor central da história da marca, a 488 Spider. O modelo está equipado com motor turbo V8 de 670 cv.

big_246024

O novo Spider está equipado com teto rígido retrátil semelhante ao do seu antecessor, a 458 Spider. No entanto, a empresa explicou que este novo tejadilho é 25 kg mais leve e demora apenas 14 segundos para ser aberto ou fechado. Quanto aberto o teto fica alojado sobre a área do motor.

Com 1420kg, a 488 Spider é ligeiramente mais pesada -50kg- que a 4887 GTB por causa dos reforços estruturais e, em comparação com a 458 Spider é 10kg mais leve.

large_246025

Em termos de desenho, a 488 Spider tem algumas diferenças em relação à versão cupê. Uma das mais importantes são as colunas que estão colocadas atrás dos dois bancos. Estes elementos foram criados para enviar o fluxo de ar para a cobertura do motor e para as entradas de ar. Outra das mudanças é a introdução de um vidro ajustável que permite controlar a circulação de ar no interior da cabine. Este elemento pode ser recolhido quando a capota está fechada, para aumentar o som do motor no interior do veículo.

big_246024

O motor usado na 488 Spider é o mesmo que equipa a 488 GTB. De acordo com a Ferrari, o modelo acelera de zero a 100 km/h em 3 segundos e até os 200km/h em 8.7 segundos. A velocidade máxima é de 326km/h.


Compartilhe!
English English Français Français Deutsch Deutsch Italiano Italiano Português Português Español Español