Kombi regressa em 2022 como elétrico, e outras novidades da Volkswagen

Compartilhe!

Enquanto são cada vez mais fortes os boatos de que a Volkswagen pode seguir o caminho da Ford no Brasil e deixar de fabricar carros aqui, tornando-se apenas importadora, a ofensiva elétrica da marca no resto do mundo ganha cada vez mais força, incluindo entre as novidades a nova Amarok e a “Kombi” elétrica já para este ano de 2022.

por Marcos Cesar Silva

Volkswagen ID.Buzz

Decidida a estabelecer-se como uma das referências na era elétrica do mundo do automóvel, entre as várias novidades para 2022 a Volkswagen prepara-se para lançar não um ou dois, mas três novos modelos dentro da linha ID. O que mais provoca boas expectativas é a reencarnação da Kombi. E não se trata de uma versão elétrica da nova Multivan T7, lançada no final de 2021, que apesar de ter uma variante híbrida, usa a plataforma MEB, a mesma utilizada pela marca no Golf ou Tiguan.

A nova Kombi, que deverá ser batizada de ID.Buzz, será feita na plataforma MEB específica para elétricos, e além da versão de passageiros terá também uma opção comercial: o ID. Buzz Cargo.

Já vista em várias fotos de segredo e até “teasers” oficiais, o ID.Buzz estará disponível, tal como os seus irmãos, com baterias que vão de 48 kWh até 111 kWh. Quanto à autonomia, estima-se que chegue até os 550 km (WLTP).

Também novidade será o ID.5, o cupê do ID.4 que chega ao mercado europeu em abril com três versões: tração traseira com 174 ou 204 cv, e ainda o mais esportivo ID.5 GTX com 299 cv.

Por falar no ID.5 GTX, este será acompanhado pelo terceiro elétrico esportivo da Volkswagen, o ID.3 GTX. Antecipado pelo protótipo ID.X e confirmado por Ralf Brandstätter, chefão da marca alemã, o ID.3 GTX deverá ser o elétrico mais potente da Volkswagen, podendo chegar aos mesmos 333 cv apresentados no protótipo.

Como por enquanto nem só de elétricos vive o mercado, em 2022 também vão existir novidades da Volkswagen movidas a combustíveis líquidos, sempre com prioridade para os mercados europeu e norte-americano.

Uma dessas novidades é o renovado Volkswagen T-Roc. Depois de cinco anos no mercado, o SUV recebeu exterior revisto e interior todo novo, mas manteve-se fiel às motorizações que o têm acompanhado, não se rendendo ainda à eletrificação.

Já o Volkswagen Taigo -variação europeia do Nivus brasileiro- é novidade absoluta do outro lado do Atlântico. Com chegada prevista para este ano de 2022, será o segundo SUV cupê da marca alemã (o ID.5 chega primeiro) e deriva do T-Cross e do Polo, recorrendo à plataforma MQB A0. Quanto aos motores, serão apenas propostas a gasolina, entre os 95 cv e os 150 cv, não estando previstas versões híbridas ou elétricas.

Junto dos dois SUVs, a Volkswagen vai apresentar também em 2022 a nova geração da Amarok, mas a chegada ao mercado só deverá acontecer no início de 2023 e, mais para a frente, no Brasil. A picape alemã será produzida na África do Sul e vai derivar da nova Ford Ranger, não existindo, por enquanto, muitos detalhes sobre ela.


Compartilhe!
简体中文 简体中文 English English Français Français Deutsch Deutsch Italiano Italiano 日本語 日本語 Português Português Español Español