Auto&Técnica | Desde 1995, 23 anos de boas notícias.

Kombi regressa em 2022 como elétrico, e outras novidades da Volkswagen

Compartilhe!

Enquanto são cada vez mais fortes os boatos de que a Volkswagen pode seguir o caminho da Ford no Brasil e deixar de fabricar carros aqui, tornando-se apenas importadora, a ofensiva elétrica da marca no resto do mundo ganha cada vez mais força, incluindo entre as novidades a nova Amarok e a “Kombi” elétrica já para este ano de 2022.

por Marcos Cesar Silva

Volkswagen ID.Buzz

Decidida a estabelecer-se como uma das referências na era elétrica do mundo do automóvel, entre as várias novidades para 2022 a Volkswagen prepara-se para lançar não um ou dois, mas três novos modelos dentro da linha ID. O que mais provoca boas expectativas é a reencarnação da Kombi. E não se trata de uma versão elétrica da nova Multivan T7, lançada no final de 2021, que apesar de ter uma variante híbrida, usa a plataforma MEB, a mesma utilizada pela marca no Golf ou Tiguan.

A nova Kombi, que deverá ser batizada de ID.Buzz, será feita na plataforma MEB específica para elétricos, e além da versão de passageiros terá também uma opção comercial: o ID. Buzz Cargo.

Já vista em várias fotos de segredo e até “teasers” oficiais, o ID.Buzz estará disponível, tal como os seus irmãos, com baterias que vão de 48 kWh até 111 kWh. Quanto à autonomia, estima-se que chegue até os 550 km (WLTP).

Também novidade será o ID.5, o cupê do ID.4 que chega ao mercado europeu em abril com três versões: tração traseira com 174 ou 204 cv, e ainda o mais esportivo ID.5 GTX com 299 cv.

Por falar no ID.5 GTX, este será acompanhado pelo terceiro elétrico esportivo da Volkswagen, o ID.3 GTX. Antecipado pelo protótipo ID.X e confirmado por Ralf Brandstätter, chefão da marca alemã, o ID.3 GTX deverá ser o elétrico mais potente da Volkswagen, podendo chegar aos mesmos 333 cv apresentados no protótipo.

Como por enquanto nem só de elétricos vive o mercado, em 2022 também vão existir novidades da Volkswagen movidas a combustíveis líquidos, sempre com prioridade para os mercados europeu e norte-americano.

Uma dessas novidades é o renovado Volkswagen T-Roc. Depois de cinco anos no mercado, o SUV recebeu exterior revisto e interior todo novo, mas manteve-se fiel às motorizações que o têm acompanhado, não se rendendo ainda à eletrificação.

Já o Volkswagen Taigo -variação europeia do Nivus brasileiro- é novidade absoluta do outro lado do Atlântico. Com chegada prevista para este ano de 2022, será o segundo SUV cupê da marca alemã (o ID.5 chega primeiro) e deriva do T-Cross e do Polo, recorrendo à plataforma MQB A0. Quanto aos motores, serão apenas propostas a gasolina, entre os 95 cv e os 150 cv, não estando previstas versões híbridas ou elétricas.

Junto dos dois SUVs, a Volkswagen vai apresentar também em 2022 a nova geração da Amarok, mas a chegada ao mercado só deverá acontecer no início de 2023 e, mais para a frente, no Brasil. A picape alemã será produzida na África do Sul e vai derivar da nova Ford Ranger, não existindo, por enquanto, muitos detalhes sobre ela.


Compartilhe!
English English Français Français Deutsch Deutsch Italiano Italiano Português Português Español Español