Auto&Técnica | Desde 1995, 23 anos de boas notícias.

60 ANOS DO TRADICIONAL VOLVO PV445 DUETT

Compartilhe!

VolvoPV445 Duett_3

A sueca Volvo é conhecido pela tradição de seus veículos em que a segurança é sempre colocada em primeiro lugar. Neste ano, a Volvo comemora o 60º aniversário do modelo PV445 Duett, que durou de 1953 a 1969, ou seja, 13 anos de vida!

VolvoPV445 Duett_5

Em 1947, três anos depois do do lançamento do PV 444, a Volvo decidiu que havia uma procura dos clientes normais e clientes comerciais por veículos com mais espaçosos. Foi, então, necessários mais dois anos para que o PV445 se concretizar e a produção começou no longinqüo verão de 1949.

VolvoPV445 Duett_4

Devido à forma como era feito o PV444, o PV445 precisou do seu próprio chassis, mas utilizou o máximo de peças possíveis do PV444, até porque na Volvo ainda era uma marca de automóveis pequena, sem grandes volumes de produção e vendas. Os para choques, o capô e para lamas dianteiros foram tirados diretamente do PV444. O PV445 tem uma grade dianteira de cinco barras distinta.

VolvoPV445 Duett_8

A Volvo fez inicialmente o PV445 apenas como uma cabine para dois ocupantes e os clientes tinham que ir a um fabricante de carrocerias para obter o resto. A variedade de estilos de carroceria inclui uma station wagon, station wagon comercial e até mesmo algumas pickups. Este modelo foi muito utilizado como carro funerário e ambulâncias na Suécia. Para transportar a carga extra, a suspensão traseira foi substituída por molas semielípticas, em vez das molas helicoidais do PV444.

VolvoPV445 Duett_7

A potência de todas as versões vinha de um motor 1.4 litros linear de quatro cilindros com 40cv. O elevado peso da carga útil e o baixo consumo de combustível levaram a Volvo a utilizar uma transmissão muito baixa. A aceleração era boa para um veículo comercial, mas era muito barulhento e pouco eficiente.

VolvoPV445 Duett_6

O PV445 Duett só chegou em 1952 e foi basicamente um acidente. A Volvo teve 1500 PV445 que não foram vendidos nas suas fábricas e isso irritou o presidente da Volvo Assar Gabrielsson. Para resolver a situação mandou que os carros fossem convertidos em station pela própria Volvo. A carroceria foi concebida rapidamente e o primeiro carro foi entregue a 4 de julho de 1953, a Gabrielsson.

VolvoPV445 Duett_9

O nome Duett surgiu da equipa de marketing da Volvo que fez uma campanha publicitária de que o carro como resposta a duas necessidades: passeio e comercial. Durante a semana pode ser um veículo comercial, mas no fim de semana tinha assentos para transportar a família. A Volvo ofereceu o carro com ou sem janelas laterais.

volvo-pv-445-duett-06

Em 1960 a Volvo atualizou o carro com um para brisas de uma peça e transmissão de quatro velocidades. Em 1962 acrescentou o motor B18 que se manteve nos carros da marca até à década de 70, aumentando a litragem  mais tarde para 2.0 litros nos 200 Series dos anos 80.

4041091947_5db1995978

O Duett manteve-se em produção até 1969, quando deixou de passar nos testes de colisão, nada mau para um carro com raízes que remontavam a 1947. A Volvo produziu 101.492 PV445. O último carro produzido ainda se encontra no museu da Volvo.

Jorge Finardi Filho


Compartilhe!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *