Auto&Técnica | Desde 1995, 23 anos de boas notícias.

7-8-9: UM PEDAÇO DE CADA CHEVROLET

Compartilhe!

Você gosta dos Chevrolet do final dos anos 50 e não sabe qual comprar? Então seu problema está resolvido. Olhe bem para este carro. Nele você vai encontrar referências aos Chevrolet 1957, 58 e 59. E por isso o nome é justamente “789”. O modelo é feito a partir de mecânica de Corvette C6 de 2005 a 2007 e imediatamente lembra os Chevrolet do final dos anos 50. O natural seria usar elementos dos tradicionais 55-56-57, mas justamente para fugir do óbvio a N2A Motors optou pelos 57-58-59, maiores e com linhas mais rebuscadas.

O desenho de cada pedaço é mais do que conhecido, a mecânica confiável (praticamente o mesmo chassi Corvette usado em Le Mans) e o resultado final impressionante. Uma combinação realmente de tirar o fôlego e que resulta num custom que atrai a atenção por onde passa.

Componentes dos três Chevrolet aparecem por todo o carro. A dianteira é uma homenagem ao modelo de 1957, com o farol tendo pestanas incorporadas aos pára-lamas, grade oval e falsas tomadas de ar de inspiração espacial no capô. As laterais e interior em três cores são reminiscências dos Impala 1958, enquanto a traseira é claramente inspirada nos 1959. Os três carros são reconhecidamente clássicos da marca, respeitados em todo o mundo. E a mistura dos dois é estonteante.

300 KM/H!

Segundo a empresa, “por mais que você restaure um 57 ou faça update num 59, ainda vai ter nas mãos um carro com quase meio século, limitado tecnologicamente e não tão seguro, sem falar na confiabilidade”. Estão vendendo o peixe deles, claro, mas a verdade é que o 789 resolve estas questões com o que há de mais atual em termos de engenharia da GM, podendo atingir os 300 km/h (segundo o fabricante) e fazer cerca de 11 km/litrona estrada (de novo de acordo com a N2A Motors).

Com o esquema de cores oferecido pela empresa, não existirão dois carros iguais, pois são possíveis cerca de 10.000 combinações de cores internas e externas. Isso vai impedir que você pare num estacionamento ao lado de um carro igual. Na verdade, para nós isso seria um doce problema, mas para quem paga caro pela exclusividade, é quase questão de honra.

 O desenho do carro foi criado pela Kanter Concepts, que se orgulha de ter feito todo o desenvolvimento à mão, sem o uso de computadores. Cada linha e cada curva saíram das mãos de seus desenhistas. “O mesmo computador que desenha jarras de biscoitos desenha carros hoje em dia”, prossegue a N2A.

 O preço de um 789 pronto é de US$ 135 mil, equipado com todos os itens standard dos Corvette, incluindo motor de 400 cv com bloco de alumínio. Além disso, cada carro tem sistema de  escapamento especial Borla, barras estabilizadoras da PST e US$ 2 mil em rodas e pneus. Na lista de opcionais, itens como turbo, freios com discos de cerâmica, interior de couro e som com 1.000 watts de potência. A imaginação e a conta bancária são os limites.

O resultado final é muito bom, interessante e exclusivo. Para nossos amigos abonados da América do Norte, mais uma possibilidade de muita diversão. E com estilo.


Compartilhe!
English English Français Français Deutsch Deutsch Italiano Italiano Português Português Español Español