Auto&Técnica | Desde 1995, 23 anos de boas notícias.

90 anos depois: Chevrolet 1927, bem preservado, encontrado em navio naufragado

Compartilhe!

São incontáveis os naufrágios ocorridos em mares e lagos, sendo muito difícil investigar cada um deles, ainda mais quando se trata de afundamentos ocorridos há muitos e muitos anos. Existem, por exemplo, vários naufrágios que aconteceram nos Grandes Lagos, na América do Norte, local situado entre o Canadá e os Estados Unidos, composto por cinco lagos.


 
Um desses naufrágios aconteceu no dia 15 de setembro de 1928, quando o navio S.S. Manasoo afundou ao tentar vencer uma tempestade no Lago Huron, demorando apenas três minutos para ir ao fundo. Durante os seus 40 anos de uso, o navio teve inicialmente outro nome, Macassa, e fazia o transporte de mercadorias e passageiros entre Toronto e Hamilton. Foi construído na Escócia, em 1888, e era movido a vapor. Em 1928 foi vendido à Owen Sound Transportation Company, quando recebeu o nome Manasoo.

 
O navio só foi encontrado ano dia 30 de junho de 2018, por Ken Merryman, Jerry Eliason e Cris Kohl, a 60 metros de profundidade, em Georgian Bay, perto de Owen Sound, no Canadá. O que surpreendeu os mergulhadores foi o fato de que o navio estava muito bem preservado. Tão preservado que mantinha em seu porão um Chevrolet 1927, bastante conservado para algo que ficou 90 anos mergulhado em águas profundas.

Isso mesmo, o Manasoo escondia uma surpresa, um Chevrolet AA Capitol 2-door Coupe 1927, no seu interior. O automóvel estava sendo transportado no navio pelo seu dono, Donald Wallace, uma dos cinco sobreviventes do naufrágio. Foram 16 pessoas que faleceram, bem como 116 cabeças de gado pertencentes a Wallace, que estava transportando o gado para vender. Uma possível causa do naufrágio do navio pode ter sido justamente o grande número de animais presentes.

 
O Chevrolet Series AA Capitol foi um modelo vendido no ano de 1927, mesmo ano em que a Ford substituiu o Model T pelo Model A. Ao todo foram vendidos 678.540 exemplares do AA, ajudando a Chevrolet a enfrentar o domínio da Ford no mercado internacional. Estava disponível com oito carrocerias diferentes. O mesmo chassi foi utilizado na fabricação de caminhões Chevrolet e GMC. O motor do Chevrolet AA é de quatro cilindros em linha, com 2800 cm3 e caixa de câmbio manual de três velocidades.
 
A unidade encontrada vai continuar repousando no fundo do lago, onde descansa há 90 anos…
 

 
 
previous arrow
next arrow
 
 
 

Compartilhe!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *