Auto&Técnica | Desde 1995, 23 anos de boas notícias.

VEJA COMO SERÁ O NEW FIESTA NACIONAL

Compartilhe!

A Ford atualizou o Fiesta para o mercado europeu, e algunas dessas novidades devem chegar por aquí em breve. O modelo passará a ser produzido no Brasil no começo do ano que vem. Além do motor 1.0 Ecoboost, o Fiesta ganhou retoques de estilo,  com a grade típica da Ford em destaque. Será no Salão de Paris que a Ford vai mostrar o face lift do Fiesta, momento em que o pequeno e bem sucedido modelo está na metade de seu ciclo de vida.

Disponível na Europa nas versões de 100 e 120 cv, o excelente motor 1.0 Ecobost faz a sua aparição pela primeira vez no Fiesta, dando bons argumentos comerciais para a marca, pelo desempenho e baixo consumo de combustível.

A Ford está prepararando uma versão menos potente deste motor, que será referência em termos de consumo e emissões. Mas além deste motor, o Fiesta receberá o 1.5 turbodiesel de 75 cv, que irá substituir os 1.4 e 1.6 TDCi, esperando-se que a Ford aplique este motor com vários níveis de potência. Mas não para o Brasil, claro.

A versão ST passa usar o 1.6 Ecoboost de 180 cv, sendo o único que receberá alterações nas suspensões, pois todos os outros Fiesta permanecerão como estão. Curiosamente, o Fiesta ST revelado em Genebra este ano foi uma antecipação daquilo que a Ford acaba de fazer com o Fiesta.

As mudanças no estilo incluem a dianteira com grade trapezoidal, novos faróis com luzes diurnas por LEDs e o capô mais abaulado. O resto ficou praticamente na mesma. No interior, a grande diferença está no console central, onde a Ford reposicionou todos os comandos. Estas mudanças aproximam o Fiesta dos mais recentes modelos da marca, como o B-MAX, tendo a Ford aproveitado a face lift para elevar o nível dos equipamentos. O novo Fiesta estará à venda na Europa no princípio de 2013.


Compartilhe!
English English Français Français Deutsch Deutsch Italiano Italiano Português Português Español Español