Auto&Técnica | Desde 1995, 23 anos de boas notícias.

A LÍNGUA SOLTA DE NELSON PIQUET

Compartilhe!

O tricampeão de Fórmula 1 Nelson Piquet vai completar 60 anos em agosto. Se ainda estivesse na Fórmula 1, Piquet teria sérios problemas, por conta de sua língua solta. Não mandava recados e nem fazia fofoca; o brasileiro ia direto ao assunto. Confira algumas de suas frases memoráveis, verdadeira aula de verborragia. Piquet faz falta na Fórmula 1, não só pelo seu talento e capacidade, como pela personalidade única. Hoje os pilotos são pasteurizados e politicamente corretos. Uma pena.

 “Ser campeão do mundo não muda nada na sua vida, voce acorda no outro dia com fome, com dor de barriga, peida…”

 Jornalista: “E então Piquet, vai correr para ganhar”?

Piquet: “Não, vou correr para chegar em 9º”.

 Jornalista: “E aí Piquet, vai ganhar hoje?”

Piquet: “Sou piloto, não sou vidente”.

 “Sabe como eu fiz pra passar o Pironi? Dei uma graninha pra ele e fui embora”!

 “Os carros da Ferrari são caixões sobre rodas”. (Depois da confirmação da morte de Gilles Villeneuve, no GP da Bélgica de 1982).

 “Só existem dois tipos de carros vermelhos que a pessoa nunca vai enjoar: uma Ferrari e o caminhão do corpo de bombeiros”.

Alemanha 1982: Piquet soca o chileno Eliseo Salazar.

 “O negócio dele é garotões. Eu nunca o vi com mulher”. Sobre Ayrton Senna Senna.

 “Senna é o melhor piloto? Porra nenhuma! Melhor é o Prost, que é tetracampeão”.

 “Da morte, nunca tive medo. O que não quero é ficar aleijado. Disso sim,

tenho um medo que me pelo”.

“Uma corrida não se ganha na primeira volta, mas se perde”.

 “Mansell é o maior idiota que já vi”.

 “A Indy é um brinquedo para velho aposentado, como eu”.

 “Mansell tem as 2 mulheres mais feias da Fórmula 1”. Piquet falando sobre as mulheres do Mansell. Uma era a esposa dele, e a outra a estátua da mulher que ele mandou fazer e colocou no jardim de casa.

 “Não costumo ler jornais e gasto meu tempo livre longe do automobilismo. Não sou como o Senna”.

 “O Senna vive para o esporte e tira o máximo proveito do fato de ser considerado o grande herói das pistas. Às vezes fico pensando que não sabe fazer mais nada na vida”.

 “Medo faz parte do jogo, mas o trânsito no Brasil é muito mais fatal do que um circuito de Fórmula 1”.

“Bom é viver um dia depois do outro. Isso basta como troféu. Ganhar não é tão importante”.

Com Mansell: "Um idiota".

 “Mansell é um bosta”.

 “Quando descobria alguma coisa boa pro meu carro, eu só falava em cima da hora. Assim, não dava pro Mansell aproveitar”.

 “Senna se arrisca demais; Prost é cheio de frescura; Rosberg muito confuso e Arnoux, um panacão”.

 Jornalista: “Você conquistou o mesmo números de títulos do Senna na Fórmula 1, no entanto fala-se muito no mito Senna e deixam de citar o Piquet, ainda vivo. O que você acha disso?

Piquet: “Eu vejo isso como ótimo. É bom que eu dou menos entrevista, e o pessoal enche menos o meu saco”.

 Jornalista: “O dinheiro é importante”?

Piquet: “Lógico, muito importante”.

Jornalista: “E as mulheres”?

Piquet: “Ajudam a gastá-lo”.

 Jornalista: “Piquet, acho que você não esperava por esta vitória certo”?

Piquet: “Realmente não, eu esperava que todos batessem na primeira curva”.

Senna e Piquet: briga foi parar nos tribunais.

 Jornalista: “Nelson você não acha que andando só na frente seu filho não vai aprender a ultrapasar”?

Piquet: “Não sei, mas acho que você anda aprendendo a falar asneira com o Galvão Bueno”.

 Jornalista: “Piquet, por favor uma declaração pela preservação do rio Tietê”.

Piquet: “Claro. Por que não cobrem essa merda e fazem uma avenida em cima”?

 “Na Lotus, o Ayrton ganhava da metade do que vivia dizendo. Eu sei disso porque li o contrato dele”.

 “Não quero falar mal, mas aquele piloto não sabe nada. Ele só tem é coragem. No Brasil nunca ganhou nada. É uma pena que essa seja a única pessoa que está aparecendo lá fora”. Sobre André Ribeiro..

 “Na Indy não se aprende nada. É aposentadoria. É a escolha errada para quem está começando. Na Europa é mais difícil, mas é onde se aprende”.

 Jornalista: “Piquet, para quem você dedica esse título”?

Piquet: “Para Nelson Piquet”…


Compartilhe!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *