Auto&Técnica | Desde 1995, 23 anos de boas notícias.

Acredite: a Califórnia já testa as placas digitais

Compartilhe!

Enquanto aqui ainda se discute a entrada em uso de novas placas para os veículos, sempre de metal prensado, imagine que em outro lugar do mundo já estão disponíveis placas digitais, que são capazes de exibir não apenas os números e letras, mas também mensagens, alertas e até publicidade. Não, não se trata de nenhum exercício de futurologia: a primeira solução do gênero acabou de ser apresentada nos Estados Unidos!

Aprovada apenas para o Estado norte-americano da Califórnia, esta nova placa digital é a concretização de uma medida anunciada, há cinco anos, pelo governador Jerry Brown, sendo que, neste momento já existem 116 automóveis equipados com esta tecnologia.

Segundo o jornal Sacramento Bee, esta nova solução permite aos motoristas fazerem o licenciamento anual dos seus veículos por via eletrônica, ao invés de terem de se deslocar fisicamente a postos específicos. Sendo que, pelo fato de serem equipadas com um chip, baterias e conexão wireless, estas placas poderão, inclusive, exibir mensagens pessoais, desde que a legislação permita.

Produzidas por uma única empresa devidamente autorizada, a Reviver Auto, as placas digitais vão agora enfrentar um período de testes, que terminará apenas em julho de 2020, momento em que, explica o jornal, “serão identificados e apontados os potenciais benefícios” da tecnologia e tomada uma decisão final.
 

Por enquanto está autorizada apenas na traseira (na frente, os motoristas terão que manter a solução tradicional), talvez o maior senão seja mesmo seu preço: US$ 699, a que se acresce ainda o pagamento mensal de cerca de US$ 7.

 

Por outro lado, já estão em discussão preocupações com a segurança e possíveis ataques de hackers, já que a placa está permanentemente conectada. Algo que poderá agradar aos gestores de frotas, fruto da possibilidade de conhecerem, a todo o momento, a localização dos veículos, mas talvez não tanto aos particulares, certamente bem menos agradados com a ideia de estarem sempre localizáveis…


Compartilhe!
English English Français Français Deutsch Deutsch Italiano Italiano Português Português Español Español