Adamastor será o novo esportivo português

Compartilhe!

Convenhamos que o nome não chega a ser estimulante, mas… A Circleroad, empresa portuguesa que atua na área automotiva, está desenvolvendo um esportivo em Portugal. O projeto, que usa capital privado local -com nome código de P003 RL- já  se encontra em fase de testes.

O Adamastor é um esportivo criado para uso em pista, mas apto e homologado para a circulação em ruas. O carro é altamente personalizável e criado, na sua essência, pela marca e pelo cliente, tornando cada veículo único. O cliente pode ainda acompanhar a produção desde o primeiro dia, estabelecendo-se relação muito especial entre o automóvel e o seu proprietário.

Adamastor_Vista_traseira

“O Adamastor foi construído do zero, para despertar o piloto que há em nós, tendo resultado em um automóvel puro e que proporciona experiência de direção ímpar”, afirmaram Ricardo Quintas e Nuno Faria, chefões da marca. As suas linhas são harmoniosas, equilibradas e de uma simplicidade que reforça a aerodinâmica em pista. “A adrenalina da pilotagem esportiva faz parte das características da marca”, afirmou Nataline Sousa, sócia da Circleroad.

A produção do esportivo –cujo projeto surgiu em 2012– será realizada em pequena série, tendo início previsto ainda para este ano.

Agora uma pequena dose de cultura. Adamastor não é o nome do criador do carro. É o nome atribuído a um dos gigantes, filhos de Gaia, que se rebelaram contra Zeus. Fulminados por este, ficaram dispersos e reduzidos a passar seus dias em ilhas e promontórios. Adamastor é assim um gigante da mitologia greco-romana, citado por Camões em “Os Lusíadas” e por Fernando pessoa no poema “O Monstrengo”. Representa na obra-prima de Camões as forças da natureza contra Vasco da Gama (o navegador, não o sorumbático time carioca) que, sob forma de tempestade, tentava barrar quem dobrasse o Cabo da Boa esperança e entrasse no Oceano Índico, o domínio de Adamastor.


Compartilhe!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *