Agora é definitivo: a Saab não vai mais reencarnar

Compartilhe!

Agora é oficial: a Saab não regressará mais ao mercado. A NEVS (National Electric Vehicle Sweden) anunciou que a clássica marca sueca passa oficialmente a fazer parte da história do automóvel.

th

Quando a NEVS, consórcio sueco-chinês, adquiriu a maior parte dos ativos e filiais da Saab -a Saab Automobile Powertrain AB, a Saab Automobile Tools AB e a fábrica da Saab- depois da falência da empresa, muitos pensaram que a volta a ativa estaria próxima. Mas como os direitos da marca e do logotipo nunca foram cedidos pelos legítimos proprietários, a NEVS não teve outra saída a não ser a de investir numa nova identidade.

A nova marca será a NEVS, e o seu primeiro modelo 100% elétrico, baseado na plataforma 9-3 da Saab, está previsto para chegar ao mercado em 2017.

Focalizada na fabricação de veículos elétricos, a NEVS pretende criar forte presença na China e tornar aquele país numa base para a expansão mundial. A empresa afirma que acordos estratégicos já foram assinados, incluindo um com a Panda New Energy para a entrega de 150 mil carros elétricos de passageiros e 100 elétricos comerciais.

“Embora respeitando a nossa história e o nosso patrimônio, queremos ser reconhecidos pelos nossos próprios méritos: uma empresa fornecedora de soluções de mobilidade sustentável comprometida com o meio ambiente e com um plano de crescimento focado na sua própria marca”, afirmou Mattias Bergman, presidente da NEVS.


Compartilhe!
简体中文 简体中文 English English Français Français Deutsch Deutsch Italiano Italiano 日本語 日本語 Português Português Español Español