Auto&Técnica | Desde 1995, 23 anos de boas notícias.

Agora é definitivo: a Saab não vai mais reencarnar

Compartilhe!

Agora é oficial: a Saab não regressará mais ao mercado. A NEVS (National Electric Vehicle Sweden) anunciou que a clássica marca sueca passa oficialmente a fazer parte da história do automóvel.

th

Quando a NEVS, consórcio sueco-chinês, adquiriu a maior parte dos ativos e filiais da Saab -a Saab Automobile Powertrain AB, a Saab Automobile Tools AB e a fábrica da Saab- depois da falência da empresa, muitos pensaram que a volta a ativa estaria próxima. Mas como os direitos da marca e do logotipo nunca foram cedidos pelos legítimos proprietários, a NEVS não teve outra saída a não ser a de investir numa nova identidade.

A nova marca será a NEVS, e o seu primeiro modelo 100% elétrico, baseado na plataforma 9-3 da Saab, está previsto para chegar ao mercado em 2017.

Focalizada na fabricação de veículos elétricos, a NEVS pretende criar forte presença na China e tornar aquele país numa base para a expansão mundial. A empresa afirma que acordos estratégicos já foram assinados, incluindo um com a Panda New Energy para a entrega de 150 mil carros elétricos de passageiros e 100 elétricos comerciais.

“Embora respeitando a nossa história e o nosso patrimônio, queremos ser reconhecidos pelos nossos próprios méritos: uma empresa fornecedora de soluções de mobilidade sustentável comprometida com o meio ambiente e com um plano de crescimento focado na sua própria marca”, afirmou Mattias Bergman, presidente da NEVS.


Compartilhe!
English English Français Français Deutsch Deutsch Italiano Italiano Português Português Español Español