Auto&Técnica | Desde 1995, 23 anos de boas notícias.

Airbags defeituosos da Takata ajudam outros fornecedores

Compartilhe!

Desgraça de uns, alegria de outros. Os problemas registados em diversos níveis pelos airbags fornecidos pela empresa japonesa Takata para várias marcas de automóveis, estão beneficiando outros fornecedores de componentes para aquele dispositivo de segurança.

toyota-airbag-1306694-jpg_1185836

Segundo a imprensa norte-americana, a informação foi dada pela própria Takata durante a mais recente sessão de esclarecimentos para a da Associação Nacional de Tráfego e Segurança dos Estados Unidos, a NHTSA, entidade que tem sido bastante rigorosa na forma como tem conduzido os processos de recall de veículos afetados pelas falhas nos airbags.

Assim, de acordo com a Takata, as suas rivais Autoliv, Daicel e ZF TRW Automotive tem capacidade de produzir pelo menos 68% dos componentes dos airbags necessários para substituir as unidades potencialmente defeituosas, que estão aplicadas a mais de 40 milhões de automóveis em todo o mundo. As três empresas irão se beneficiar com os problemas da Takata, estimando-se que a Autoliv produzirá até 20 milhões de unidades de airbags até 2016.

No mesmo sentido, de acordo com informações, as marcas estão mudando de fornecedor quando o assunto é airbag, embora mantenham a cooperação com a agora combalida Takata, no sentido de resolver a situação atual dos modelos que se encontram em circulação nas ruas.

A Honda, por exemplo, que foi obrigada a fazer a substituição de 24,5 milhões de infladores de airbags nos seus automóveis, anunciou que passará a adquirir os airbags das marcas Autoliv e Daicel, enquanto a Toyota, outra das marcas fortemente afetadas, também contará com outro fornecedor, conforme explicou em documento enviado à NHTSA


Compartilhe!
English English Français Français Deutsch Deutsch Italiano Italiano Português Português Español Español