Auto&Técnica | Desde 1995, 23 anos de boas notícias.

Airbags defeituosos da Takata atingem também os Mustang

Compartilhe!

A Ford anunciou o recall de modelos mais antigos de Mustang e até do Ford GT equipados com airbags da Takata no lado do motorista, o que significa mais de 500 mil veículos. 

2006 Ford Mustang V-6 Pony Package

Assim, o recall envolve 500.439 Mustang, ano-modelo de 2005 a 2008, e 2.050 unidades do Ford GT, fabricados entre 2005 e 2006. A Ford é uma das cinco montadoras que a NTHSA (a Administração Nacional de Segurança do Tráfego Rodoviário), intimou no mês passado para que ampliasse o recall de veículos com airbags do lado do motorista feitos pela Takata, possivelmente defeituosos.

A Takata está sendo investigada pelo congresso norte-americano por conta das falhas em seus produtos; já são mais de 16 milhões de veículos envolvidos em recalls por causa dos problemas com os airbags da empresa. A fabricante afirmou que a exposição prolongada do airbag à alta umidade pode fazer com que os sistemas de enchimento apresentem defeito, e com isso estilhaços de metal são lançados contra ocupantes dos carros no caso dos airbags serem acionados.

A Honda e a Mazda também ampliaram seus recalls de airbags do lado do motorista para todo os Estados Unidos, deixando apenas a BMW e a Chrysler, como as montadoras que não ampliaram suas medidas. A Ford havia feito anteriormente o recall de cerca de 55 mil veículos com airbags possivelmente defeitusosos. A NHTSA solicitou a ampliação do recall após receber dados sobre problemas com sistemas de enchimento dos airbags fora de regiões dos Estados Unidos que apresentam alta umidade do ar.

Os incidentes com os sistemas de enchimento de airbags da Takata foram relacionados com pelo menos cinco mortes, nenhuma em veículos da Ford. A montadora afirmou que está ciente de um incidente com ferimentos possivelmenteá relacionado aos airbags defeituosos.


Compartilhe!
English English Français Français Deutsch Deutsch Italiano Italiano Português Português Español Español