Ultima Hora

Aleluia irmão! A Fiat não fará mais carros em tons de cinza

Compartilhe!

Enfiam uma marca resolveu dar um basta em carros pintados de tons de cinza, e ajudar a colorir um pouco as cidades. A Fiat decidiu não oferecer mais carros pintados nessa cor. Mas isso vale para a Europa, infelizmente, e quem sabe chegue ao Brasil em algum momento. Cinza não se enquadra na nova filosofia “dolce vita” aditada pela marca, que busca alegria e positividade.

por Marcos Cesar Silva

Para os fãs da Fiat em todo o mundo, é o início de uma nova e alegre era: os italianos não farão mais carros de cor cinza. 

“É uma decisão bastante ousada, mas agora você pode esperar da marca mais de alegria, cores e otimismo”, declarou Olivier François, chefão da Fiat e diretor global de marketing da Stellantis. “Quebramos as regras: decidimos parar a produção de carros cinzas da Fiat… A Fiat quer inspirar as pessoas a viverem com otimismo e positividade, e essa também será uma das missões do novo Fiat 600e, o elétrico para famílias e amigos”.

O primeiro modelo da Fiat a excluir o cinza de sua paleta de cores é exatamente o novo 600e elétrico, que está prestes a estrear.  

Mas restará um mundo de opções coloridas, inspirado nos “novos valores ‘Dolce Vita’ e nas características italianas encarnadas pela marca”. A atual linha Fiat europeia (New 500, 500 Hybrid, 500X, Panda e Tipo) será disponível em branco Gelato, laranja Sicilia, laranja Paprika, vermelho Passione, Blu Dipinto di Blu, azul Itália, azul Venezia, verde Rugiada, verde Foresta, ouro rosa e preto Cinema. “Cada cor com um nome sugestivo, que lembra as belas paisagens italianas e o clima ‘dolce vita”‘, disse François. 

Como a empresa se sairá com a decisão de abolir o cinza é um mistério, pois de acordo com um levantamento feito pela Axalta, empresa de tintas automotivas, o cinza foi uma das cores mais procuradas pelos europeus em 2022. No Velho Continente, 27% dos carros vendidos no ano passado foram na cor cinza. O cinza tem sido historicamente um tom de cor popular, e é, por exemplo, a cor mais popular para carros novos no Reino UnidoEle representa mais de 20% dos modelos novos comercializados no Reino Unido no ano passado. Nos Estados Unidos,representa quase 20%, e as montadoras lançaram uma nova geração de cinzas que estão tentando ser mais interessantes. Mas felizmente isso não fez a Fiat mudar de ideia.

A cor cinza e suas variações ocupa a segunda posição entre as mais vendidas na América do Sul: 37% dos carros são cinza ou prata, atrás do branco (39%). No Brasil é uma das cores preferidas pois o comprador tem a ilusão de que se trata de uma tonalidade que não denuncia o ano do carro e assim há menos desvalorização…

E por que o cinza tem sido popular em muitos mercados? Aqui está a opinião de Laurie Pressman, vice-presidente do Pantone Color Institute:

“Uma das razões pelas quais as cores da família cinza são populares para o setor automotivo é porque elas são tão confortáveis de conviver, e como um bem caro que normalmente mantemos por um longo período de tempo, é importante que a cor que escolhemos possa resistir ao teste do tempo, o que os cinzas fazem”. 

“Há também um forte apelo psicológico para os tons cinzentos. Seja um tom cinza claro, que se inclina para o lado azul ou roxo, ou um cinza marrom que remete ao calor, as cores na família cinza significam um nível de minimalismo elevado e elegantemente discreto, além de ser resistente e eterno”.

“E depois há os tons de cinza prateados, perolizados e metálicos iridescentes, cuja mensagem de modernidade elegante e aparência futurista mexe com nossa imaginação para vislumbrar novos futuros em fantasia, ficção científica ou uma viagem a outra galáxia maior”.


Compartilhe!
1720891716