Auto&Técnica | Desde 1995, 23 anos de boas notícias.

Alpine é a reencarnação do Interlagos

Compartilhe!

Lembra do velho Interlagos? Pois aqui está a reencarnação do modelo. Ainda não será a versão final, mas o novo Alpine Vision Concept apresentado pela marca francesa aponta direto para o modelo de produção que será lançado no próximo ano.

1141205_CHR3964

No evento que aconteceu em Monte Carlo, Carlos Ghosn -o chefão da Renault-apresento o modelo, que assinala o renascimento oficial da Alpine como marca independente do grupo Renault, destacando-se pelo motor em posição central, estilo agressivo e dois lugares no interior, estando a sua apresentação oficial marcada para o Salão de Genebra, no mês de março.

Com muitas semelhanças em relação ao Celebration Concept criado no ano passado para um evento comemorativo da marca francesa, o Alpine Vision Concept mostra ser uma versão bastante próxima daquela que será colocada nas ruas dentro de um ano, sob o plano de ressurgimento da Alpine, que está sendo bastante trabalhado por Ghosn.

A marca já conta com a sua própria estrutura diretiva, da qual Bernard Ollivier é o responsável máximo, e equipe de desenho própria, com Anthony Villain no comando. Para responsável de vendas e do marketing a Renault nomeou Arnaud Delebecque, que terá a seu cargo a estratégia comercial da Alpine.

Parte dessa estratégia passa pelo lançamento de uma linha de modelos esportivos, na qual se incluirá um SUV de características esportivas.

Pouco se sabe das características técnicas: a marca indicou que usará motor turbo de quatro cilindros. AUTO&TÉCNICA apurou que deverá ser um novo motor 1.8, desenvolvido para este Alpine, com potência inicial de  250 cv para a versão de entrada, embora uma versão mais potente esteja nos planos. Deverá trabalhar com uma caixa de câmbio de dupla embraiagem com sete marchas, derivada da EDC de sete velocidades que é usada, por exemplo, no novo Mégane GT.

Por ser um carro esportivo, a marca informou que espera para este modelo aceleração de zero a 100 km/h em menos de 4,5 segundos, para rivalizar com alguns dos esportivos mais extremos do mercado.

“O automobilismo e os veículos esportivos estão profundamente integrados no Grupo Renault. No início deste mês, anunciamos o nosso regresso à Fórmula 1 com a equipe Renault, e hoje anunciamos a Alpine. Este é um novo passo excitante na nossa estratégia de combinar talento e tecnologia entre a pista e a rua, e estamos ansiosos por atender a novos clientes no segmento dos esportivos Premium”, finalizou o brasileiro Ghosn.


Compartilhe!
English English Français Français Deutsch Deutsch Italiano Italiano Português Português Español Español