Última hora

AMERICANOS QUEREM ACABAR COM OS RETROVISORES

Compartilhe!

Aqui no Brasil espelho retrovisor externo é inútil para boa parte dos motoristas, da mesma forma que os piscas. Basta ver a quantidade de dementes que mudam de faixa bruscamente sem observar quem vem atrás e/ou sem sinalizar. Mas nos Estados Unidos isso tudo que diz respeito a trânsito é levado muito a sério, pelas autoridades e pelos motoristas. Um grupo de 12 fabricantes, encabeçado pela Tesla, já submeteu uma petição à agência nacional de segurança rodoviária americana para alterar a legislação referente aos retrovisores.

A Tesla juntou-se ao grupo formado por BMW, Chrysler, Ford, GM, Jaguar Land Rover, Mazda, Mercedes-Benz EUA, Mitsubishi, Porsche, Toyota, VW e Volvo EUA, na assinatura de uma petição dirigida à NHTSA, manifestando a possibilidade de substituir os espelhos convencionais por pequenas câmares. Após a legislação que obriga a todos os carros vendidos nos Estados Unidos a partir de 2018 tenham tecnologia que permita ver o que se passa na traseira do carro, os responsáveis pela petição vêem uma oportunidade para recuperar um conceito que já está em desenvolvimento desde o início dos anos 1990, apresentado em vários concept cars como o Tesla Model X e o Volkswagen XL1.

Além dos efeitos estéticos, a eliminação dos espelhos convencionais pode permitir redução de consumos de combustível, graças à melhor aerodinâmica, sem afetar a segurança. Elon Musk, o CEO da Tesla, tem sido um dos maiores defensores desse sistema de câmeras. Contudo, confessou que não espera mudanças imediatas nesse assunto.


Compartilhe!
1721702080