Auto&Técnica | Desde 1995, 23 anos de boas notícias.

ANFAVEA: O MELHOR PRIMEIRO SEMESTRE

Compartilhe!

foto23emp-101-anfavea-b7

O primeiro semestre de 2013 foi o melhor da história em licenciamento e produção de autoveículos, segundo balanço divulgado na quinta-feira, 4, pela Associação Nacional dos Fabricantes de Veículos Automotores, Anfavea, em São Paulo. A indústria licenciou nos primeiros seis meses deste ano 1,80 milhão de veículos, que representa alta de 4,8% quando comparado as 1,72 milhão do mesmo período de 2012. O mês de junho de 2013 fechou com 318,6 mil unidades comercializadas, acréscimo de 0,8% contra maio, que registrou 316,2 mil, e queda de 9,8% com relação a junho do ano passado, com 353,2 mil.

“A base de comparação a partir deste mês ficará mais forte, pois o anúncio de duas prorrogações de desconto do IPI no ano passado, uma em maio e outra em agosto, ajudaram a alavancar as vendas naquele ano”, lembra Luiz Moan Yabiku Junior, presidente da Anfavea. A média diária de 15,9 mil veículos de junho de 2013 foi a melhor do ano.

 Este foi ainda o melhor mês de junho da história do setor automotivo em produção com um volume de 320,8 mil unidades, aumento de 15,5% em relação ao mesmo mês do ano passado, com 277,8 mil. Quando comparado com maio deste ano, com 348,1 mil veículos, a indústria registrou uma queda de 7,8%. O acumulado do ano também teve um aumento significativo – com recorde histórico para o período. Nos seis primeiros meses de 2013 a indústria fabricou 1,86 milhão, com crescimento de 18,1% em relação ao mesmo período de 2012, com 1,57 milhão.

Em exportação de autoveículos e máquinas agrícolas, a indústria registrou em valores US$ 1,44 bilhão, um acréscimo de 15,8% em relação a junho de 2012, com US$ 1,24 bilhão, e decréscimo de 3,2% com relação ao mês passado, com US$ 1,48 bilhão. No acumulado, o setor apresentou um aumento de 7,2%, com US$ 7,91 bilhões em 2013 e US$ 7,37 bilhões no ano passado.

 


Compartilhe!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *