Auto&Técnica | Desde 1995, 23 anos de boas notícias.

ARGENTINA CHORA A MORTE DO “TOURO DOS PAMPAS”

Compartilhe!

fgonza

O ex-piloto argentino José Froilán González, o primeiro piloto a conseguir uma vitória na Fórmula 1 para a Ferrari, morreu esta semana aos 90 anos. Conhecido como “Touro das Pampas”, Froilán González participou dos primeiros anos do Campeonato Mundial de Fórmula 1, entre 1950 à 1957, (realizando uma última prova em 1960). O apelido de “Touro das Pampas” foi dado pelos fãs ingleses, devido ao seu estilo de pilotagem agressivo.

Disputou 26 GPs, obtendo duas vitórias, três pole positions e seis melhores voltas, totalizando 78,64 pontos. Pilotou para a Maserati, Ferrari, Talbot Lago, Vanwall e Lancia. Em 1951, González viveu os melhores momentos de sua carreira. No terceiro GP da temporada, em Silverstone, obteve sua primeira vitória –e a primeira da história da Ferrari na Fórmula 1. A sua consistência (subiu ao pódio em cinco das seis provas do ano) o levou ao terceiro lugar no campeonato, atrás de Juan Manuel Fangio e Giuseppe Farina. Em 1953 a sua equipe voltou a contar com a sua participação durante toda a temporada, tendo o argentino subido ao pódio mais três vezes em seis corridas.

Em 1954, González voltou à Ferrari, e mais uma vez eve bom desempenho, conquistando a sua segunda e última vitória novamente em Silverstone. Nesse mesmo ano, venceu a “24 Horas de Le Mans” ao lado do francês Maurice Trintignant. A partir de então não disputou mais campeonatos completos na Fórmula 1, atuando apenas como convidado, principalmente nas provas na Argentina. Em 1955, disputou o GP da Argentina pela Ferrari, chegando em segundo. Em 1956, a Maserati e a Vanwall ofereceram vaga para uma prova cada, nas quais o argentino teve problemas mecânicos. Em 1957, fez o que teria sido sua última participação na Fórmula 1 pela Lancia, novamente na Argentina, terminando em 5º lugar. Mas voltaria três anos depois, como convidado da Ferrari para o GP de Buenos Aires, desta vez terminando em décimo e encerrando sua carreira.

Froilan-Autoclasica2012-1
A homenagem no ano passado, ao completar 90 anos.

González é um dos ícones do automobilismo argentino, respeitado por alguns críticos como “um piloto quase tão bom quanto Fangio”. No ano passado, foi homenageado durante o AutoClasica, evento de carros antigos que aconteceu em Buenos Aires, pela passagem do seu 90º. aniversário.


Compartilhe!
English English Français Français Deutsch Deutsch Italiano Italiano Português Português Español Español