Auto&Técnica | Desde 1995, 23 anos de boas notícias.

AUSTERIDADE: VELHO RENAULT 1985 É O NOVO PAPAMÓVEL

Compartilhe!

a1

Pelo jeito, a época de ostentação a bordo de luxuosos Mercedes-Benz está com os dias contados no Vaticano. O novo “papamóvel” poderia estar num museu: tem quase 29 anos de bons serviços, mais de 300 mil quilômetros rodados e é branco. Será a “nova” viatura que o Papa Francisco vai utilizar nos seus deslocamentos pelo Vaticano.

Jorge Mario Bergoglio, o Papa, até já dirigiu o Renault 4L de 1985, que foi oferecido ao Sumo Pontífice por D. Renzo Zocca, de 70 anos, padre de Verona.

a3
O carro carrega com si grande simbolismo, e foi em resposta ao pedido de aumento de austeridade feito pelo Papa diante das crescentes despesas da Igreja -incluindo os gastos com automóveis considerados luxuosos- que Renzo Zocca fez o presente. “O que seria melhor que o meu Renault 4L?”, perguntou.
Esse carro foi dado ao padre pelo então vice-presidente do time de futebol de Verona, e durante 25 anos foi com ele que percorreu as estradas da sua diocese. No dia da entrega ao Papa, o hodômetro marcava 300 mil km rodados.

a2

O padre Zocca contou que, após a oferta, recebeu um telefonema do próprio Papa aceitando o presente. O Papa confessou que esse Renault 4L é idêntico ao que dirigia na Argentina.


Compartilhe!
English English Français Français Deutsch Deutsch Italiano Italiano Português Português Español Español