Auto&Técnica | Desde 1995, 23 anos de boas notícias.

Bêbados e drogados, funcionários param a BMW: US$ 1 milhão de prejuízo

Compartilhe!

A mistura de drogas, álcool e trabalho é sempre explosiva. Pois esta irresponsabilidade custou prejuízo de cerca de US$ 1 milhão para BMW.

maxresdefault

Pois foi isso que aconteceu no dia 3 de março passado, na unidade de produção da BMW em Munique. Dois funcionários, da mesma estação de trabalho, chegaram não só bêbados, como também drogados, depois de uma longa noite de farra. Os dois técnicos simplesmente entraram em colapso no posto de trabalho na linha de montagem, local onde são unidas as saídas de escapamento de veículos e tiveram que ser atendidos pelos médicos. Isso forçou a parada da a linha de montagem durante 40 minutos .

Todos sabem que os processos de automação são milimetricamente calculados, e por isso uma pausa com perdas de produção em linhas de montagem significa milhares de dólares no lixo. A marca alemã divulgou em comunicado que os prejuízos financeiros atingiram a casa dos cinco dígitos, mas de acordo com o jornal “Bild”,  esse número é um pouco maior, passando do US$ 1 milhão.

Após os exames clínicos, os resultados indicaram grandes quantidades de álcool no sangue  dos dois, combinado com traços de uso de maconha e até anfetaminas em um deles , mistura que em geral não acaba bem. Além disso, um deles precisou ser hospitalizado e, claro, ambos foram demitidos. Felizmente, é o primeiro caso conhecido de tal situação. Mas a questão não é essa. Difícil imaginar alguma qualidade nos carros que passaram pelas mãos dos dois irresponsáveis antes de desabarem no chão…


Compartilhe!
English English Français Français Deutsch Deutsch Italiano Italiano Português Português Español Español