Auto&Técnica | Desde 1995, 23 anos de boas notícias.

Branco é a cor preferida em todo o mundo

Compartilhe!

As cores dos automóveis são puro modismo e mudam de tempos em tempos. A PPG Industries -fabricante de tintas automotivas- apresenta todos os anos um estudo sobre as preferência dos consumidores dentro deste tema, sendo que 60% dos consumidores revelam que a cor é um dos fatores decisivos no momento de comprar um automóvel.

Car-Paint-Binder-System

Em nível global, as cores conservadoras como branco, preto e prata continuam sendo as preferidas pelos consumidores, sendo o branco a cor mais popular, reunindo a preferência de 35% dos pesquisados, seguida pelo preto (17%) e o prata (12%).

Os consumidores da Europa seguem a tendência global e preferem os automóveis brancos (31%), seguidos dos pretos (18%), cinzas (16%) e pratas (12%). Os norte-americanos também preferem os veículos brancos (23%), em segundo lugar os pretos (19%) e em terceiro os cinzas (17%). O mercado da Ásia Pacífico é o que mais prefere a cor branca (44%), seguindo-se o preto (16%) e o prata (10%).

2015-Global-Color-1024x791

Mais de metade dos pesquisados revelou ainda que se a cor que desejavam não estiver disponível, esperariam até esta estar em estoque ai invés de comprar o mesmo modelo em outra cor. No que diz respeito a diferença entre homens e mulheres, a PPG Industries revelou que as cores metálicas são preferência do universo masculino enquanto as mulheres preferem cores sólidas e efeitos brilhantes na carroceria. Para os homens, a cor e aparência de um automóvel tem que exibir imagem de sucesso, sendo que na maioria dos casos estes consumidores estão dispostos a gastar mais dinheiro num automóvel que imaginam “refletir adequadamente a sua personalidade”.

Este estudo demonstra a importância da estética na indústria automotiva, que deve se adaptar aos diferentes mercados e consumidores. “Os fabricantes precisam considerar todo tipo de consumidor, desde o que se encantam com a tecnologia aos baby-boomers focalizados na família, controlando os dados das vendas e as tendências para tentar prever com dois ou três anos de antecedência quais as cores e efeitos que deverão oferecer”, afirma Jane E. Harrington, da PPG Industries.

Quanto ao futuro, Harrington prevê que cores como o azul e o laranja ganhem maior expressão em 2016, tendo em conta os lançamentos nos salões de automóveis deste ano. No Brasil, os consumidores preferem o prata e seus derivados, seguido do preto e do branco.


Compartilhe!
English English Français Français Deutsch Deutsch Italiano Italiano Português Português Español Español