Auto&Técnica | Desde 1995, 23 anos de boas notícias.

Cabeça fria: Feher lança capacete com ar-condicionado

Compartilhe!

 

Esquentar a cabeça, nunca mais. O Feher ACH-1 é a solução ideal para os dias mais quentes. Trata-se de um capacete com ar-condicionado, que promete facilitar a vida dos motociclistas.

Ainda que o verão pareça ser a estação ideal para andar de moto, os motociclistas sabem que não é bem assim. O calor retido por todo o equipamento de segurança faz com que pilotar uma motocicleta no verão não seja tão agradável quanto possa parecer.

A Feher, marca que produz bancos ventilados para a indústria automotiva (entre seus clientes estão Bentley, Ferrari, General Motors, Infiniti, Lexus e Rolls-Royce), decidiu aplicar todo o seu know-how na produção de um capacete: o Feher ACH-1. O que este capacete tem de tão especial? Um sistema de ar-condicionado integrado.

Segundo a marca, o Feher ACH-1 é o primeiro capacete com ar-condicionado integrado do mercado. No seu interior, o ACH-1 utiliza um tecido especial tubular, que ajuda a canalizar e direcionar o ar pelo interior do capacete.
 

A parte de trás conta com um pequeno sistema de ar-condicionado, que pode usar a corrente elétrica da moto (por meio de uma tomada de 12V) ou ser ligado a um conjunto de baterias, vendido em separado.

Apesar da tecnologia empregada, o Feher ACH-1 pesa apenas 1,45 kg.

De acordo com a Feher, o sistema foi feito para reduzir a temperatura dentro do capacete de forma uniforme, sem criar um ambiente frio e evitando dores de cabeça associadas ao seu uso. O ar-condicionado consegue assim baixar a temperatura do capacete cerca de 9°C diante da temperatura ambiente. Ou seja, num dia de 31°C, dentro do capacete estará bem mais agradáveis 22°C. Em dias em que o calor não é tão intenso, é possível usar o modo de ventilação.

Nos Estados Unidos, o Feher ACH-1 será vendido por US$ 599.


Compartilhe!
English English Français Français Deutsch Deutsch Italiano Italiano Português Português Español Español