Auto&Técnica | Desde 1995, 23 anos de boas notícias.

Camaro Europo Hurst 1976: o filho único

Compartilhe!

O Chevrolet Camaro é um clássico norte-americano, conhecido nos quatro cantos do planeta. Mas existe um Camaro que quase ninguém conhece: o Camaro Europo Hurst. Trata-se de um Camaro americano de nascença, mas que recebeu a dupla nacionalidade italiana. E por que? Sua carroceria foi modificada no estúdio de Pietro Frua, com toques que agradam mais o consumidor europeu.

A ideia deste modelo partiu da empresa americana Multi-Passenger Export, de Nova Iorque, com a intenção de vender estes kits de conversão ao público, equipando os carros ainda com peças para alta desempenho da Hurst; as vendas seriam pela rede de concessionárias General Motors.

No entanto, por incrível que possa parecer, uma outra empresa, a Standard Motors, de Miami, reclamou na justiça a exclusividade da distribuição da conversão, sem que até hoje se saiba a razão. Por isso, o projeto não avançou e nem se sabe quantos exemplares foram produzidos.

A conversão deste exemplar foi feita a partir de Chevrolet Camaro 1976, equipado com motor small block 5.7V8 de 165cv, acoplado a uma caixa de câmbio manual de quatro velocidades. Tal como acontecia com os Camaro daquela época, a suspensão dianteira era com triângulos e, na traseira, eixo rígido com feixes de molas.

O que mais se destaca no carro é o desenho da carroceria, que pouco tem a ver com um Camaro original, visto que a Frua foi buscar inspiração a vários outros projetos que desenvolveu anteriormente. O Camaro Europo Hurst seria apresentado pela primeira vez no Salão de Turim de 1976. Posteriormente foi levado a outras exposições, como a “World Cars” e a “Greater New York Automobile Show”, em 1977. Quando foi exibido pela última vez, o Camaro viu as suas rodas serem trocadas por um jogo de Vincent de 10 raios e os painéis T-Top do teto, batizados de Hurst Hatches, escurecidos.

É quase certeza de que somente este exemplar tenha sido produzido, com o chassis número 1Q87L6N629737, não se conhecendo a existência de mais nenhum outro.

Grande parte da vida deste Camaro Europo Hurst foi passada em coleções particulares, estando no mesmo acervo desde 1990. Está em estado excelente, pois foi sempre muito bem conservado, e nunca foi restaurado. Agora ele vai mudar de mãos, e irá ser levado a leilão, juntamente com outros carros da Mitosinka Collection, venda esta executada pela RM Sotheby’s, entre os próximos dias 16 a 25 de Setembro. A leiloeira estima que o valor da venda fique entre US$ 72 mil e US$ 110 mil.


Compartilhe!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *