Auto&Técnica | Desde 1995, 23 anos de boas notícias.

Caminhões: Ford lança o Cargo 3031 8×2

Compartilhe!

Com o lançamento do novo modelo Cargo 3031 8×2, a Ford Caminhões dá sequência à renovação da sua linha de caminhões, que é uma das mais completas e tradicionais da América do Sul, reforçando a estratégia de negócios baseada em três pilares: produto, serviço e relacionamento. Sua oferta hoje vai de modelos semi-leves a extra-pesados, com mais de 400 configurações de caminhões das linhas Cargo e Série F para diferentes aplicações.

“Sintetizamos nesses três pilares todo o trabalho que é desenvolvido nas diferentes áreas da empresa para chegar ao resultado final que interessa ao cliente. Ou seja, fornecer caminhões potentes, duráveis e inovadores, com um serviço pós-venda ágil, de qualidade e com preço justo para manter a frota sempre em operação, e um relacionamento constante e transparente para atender suas necessidades”, explicou Oswaldo Ramos, diretor de Vendas, Marketing e Serviços da Ford Caminhões.

O lançamento do Cargo 3031 8×2 vem acompanhado de novas ações na área de pós-vendas implementadas pela Ford Caminhões. O objetivo é garantir um serviço rápido, com qualidade e preço justo sempre que o cliente precisar fazer a manutenção do veículo na sua rede, formada por mais de 100 distribuidores no Brasil.

Uma das novidades é a ferramenta de diagnóstico rápido, que agiliza a solução de qualquer problema com o veículo à distância. O sistema utiliza um capacete com câmera, vários acessórios e conexão via celular para que os chefes de oficina dos distribuidores possam se comunicar direto com a engenharia da fábrica e solucionar qualquer dúvida técnica.

“Essa tecnologia permite que os especialistas da fábrica atuem sempre que necessário diretamente no campo, como se estivessem presentes na oficina do distribuidor, mas sem a perda de tempo e com aumento de produtividade”, destacou Guilherme Teles, gerente de Marketing da Ford Caminhões.

O Cargo 8×2 tem intervalo de troca do óleo do motor de 12 meses, ou 50.000 km para uso normal, que reduz o custo de manutenção. Além disso, dispõe de um “pacote” especial de manutenção Ford Service, com três opções de contrato, incluindo revisões (Class), revisões e itens de desgaste (Plus) ou assistência completa (Prime).

O Cargo 8×2 também já vem de fábrica com o sistema de telemetria Fordtrac ativado, que inclui funções de monitoramento e segurança. Equipado com a tecnologia mais moderna do mercado, ele permite registrar os principais parâmetros de comportamento do motorista, como velocidade, frenagens e consumo de combustível. Futuramente, o serviço contará também com uma central de monitoramento para acompanhar o veículo em tempo real.

O novo 8×2 complementa a Linha Cargo Power 2019, composta pelos modelos Cargo 1731 4×2, Cargo 2431 6×2, Cargo 2631 6×4 e Cargo 3131 6×4, também lançados este ano.

Os caminhões médios 6×2 e 8×2 respondem hoje por 14% do mercado e, dentro desse segmento, os 8×2 têm participação de 18%. A indústria de caminhões passou por fortes oscilações nos últimos anos e, depois de chegar a mais de 150.000 unidades em 2013, caiu para cerca de 50.000 em 2016, segundo dados do Renavam. Em 2017 apresentou ligeira recuperação de 2,5%, para 51.561 unidades, e este ano projeta crescimento de 40%, para cerca de 72.000 unidades.

O segmento de caminhões com chassi rígido, no qual a Ford concentra a sua oferta, deve avançar 20% em 2018. Dentro do seu plano de crescimento, a marca já tem prontos os próximos lançamentos.

“Depois de lançar o Cargo Power com novo motor vamos ampliar a oferta do Cargo Torqshift para oferecer a maior linha de automatizados do País”, completa Guilherme Teles. “O câmbio automatizado foi muito bem aceito e vem crescendo dentro do nosso mix de vendas. É uma tendência que veio para ficar.”

A linha Cargo Torqshift hoje é formada por sete modelos: Cargo 1723 Torqshift, Cargo 1723 Kolector Torqshift e Cargo 1731R Torqshift (4×2); Cargo 2431 Torqshift 6×2; Cargo 3031 Torqshift 8×2; Cargo 1731 Tractor Torqshift e Cargo 1933 Tractor Torqshift.

Com os futuros modelos a linha Torqshift será duplicada, incluindo quatro versões 4×2: Cargo 1419 Torqshift, Cargo 1519 Torqshift, Cargo 1719 Torqshift e Cargo 1933R Torqshift; e três versões 6×4: Cargo 2631 Torqshift, Cargo 3131 Torqshift e Cargo 3133 Torqshift.

O novo Cargo 3031 8×2 tem como principais características o desempenho e robustez, entregando o que realmente interessa ao transportador: mais força para encarar o dia a dia na estrada com menor custo por quilômetro rodado. Esse desempenho é resultado de um projeto robusto de engenharia, com vários aprimoramentos focados nas prioridades dos clientes para oferecer melhor desempenho e economia operacional.

“Desenvolvemos o novo Cargo 3031 8×2 a partir das necessidades dos transportadores. Por isso, ele tem um conjunto equilibrado e eficiente, ajustado para atender à operação do modo mais racional e extrair o máximo desempenho do equipamento de forma inteligente, sem custos desnecessários”, afirmou Luís Fernando Caldo, gerente de Engenharia de Chassis da Ford Caminhões.

O novo 8×2 tem peso bruto total homologado de 29.000 kg e capacidade técnica de 30.150 kg, com carga útil mais carroceria de até 20.846 kg. Seu motor de 306 cv tem a opção de transmissão manual de nove marchas ou a automatizada Torqshift de 10 marchas.

“O segundo eixo direcional instalado de fábrica melhora a dirigibilidade, além de aumentar a vida útil dos pneus. Assim como o quarto eixo, ele pode ser suspenso quando o caminhão está vazio, reduzindo o desgaste e o custo de pedágio”, completa Caldo.

O sistema de direção com segundo eixo esterçante do Cargo 8×2 foi objeto de desenvolvimento especial, assim como a suspensão, para oferecer máximo desempenho, segurança e conforto. O veículo tem um diâmetro de giro de 22,50 m na versão com entre-eixos de 5.300 mm e de 26,30 m na versão com entre-eixos de 6.300 mm.

O Ford Cargo 8×2 é equipado com o novo motor ISB 6.7 L, o mais forte da categoria até 7 L, com potência de 306 cv a 2.100 rpm e torque de 110 mkgf a 1.100 rpm. Esse torque alto chama a atenção também pela ampla faixa de rotação em que está disponível, de 1.100­ a 1.900 rpm, e se traduz em respostas prontas nas retomadas e ultrapassagens.

Entre outros avanços, o novo motor tem turbo com carcaça e rotor projetados para trabalhar com maior pressão, incluindo válvula de alívio (“wastegate”) que proporciona uma combustão mais homogênea e melhora a resposta em retomadas. Tem também filtro de ar com maior capacidade de vazão, de 25 m3/min, novos bicos injetores e software eletrônico reprogramado. O sistema de refrigeração foi redimensionado, com novo ventilador e intercooler.

A tecnologia de emissões SCR (Redução Catalítica Seletiva), com Arla, é outro fator que contribui para o desempenho robusto e econômico do novo motor, além da economia com óleo lubrificante. Ele usa óleo mineral com intervalo de troca 50.000 km na aplicação rodoviária. O programa de desenvolvimento do novo motor incluiu 400.000 km de testes de rodagem no Brasil e outros países da América do Sul, incluindo regiões de altitude elevada.

Além da transmissão manual, o Cargo 3031 8×2 tem a opção da transmissão automatizada Torqshift, que usa tecnologia avançada para proporcionar durabilidade, economia e produtividade, com mais conforto para o motorista. De construção robusta, ela se caracteriza pelo funcionamento contínuo e suave, sem solavancos, com recursos que otimizam o desempenho, o rendimento e a segurança do caminhão.

.Além de piloto automático inteligente, que mantém a velocidade constante em subidas e descidas e torna a direção mais tranquila, a transmissão Torqshift conta com assistência de partida em rampa, que segura o caminhão por até 3 segundos em inclinações acima de 3%. Dispõe também da função “Low” para descidas, indicador de marcha no painel e dois modos de condução: Performance e Economia, com um escalonamento que garante alto torque em subidas e inclinações.

Comparada às transmissões automáticas convencionais, além de maior economia de combustível a Torqshift oferece menor custo de aquisição e reparo, com fácil manutenção. Seu disco de embreagem tem um revestimento sinterizado de cerâmica que aumenta em cinco vezes a vida útil, protegendo contra superaquecimento.

O projeto do novo Cargo 3031 8×2 contou com toda a tecnologia e experiência da engenharia da Ford Caminhões, a marca mais tradicional do Brasil – que em 2019 vai comemorar o seu centenário. Somente em testes de desenvolvimento e durabilidade, o novo modelo somou mais de 200.000 km de rodagem no Campo de Provas da Ford em Tatuí, SP, e estradas públicas de diferentes perfis. O programa incluiu ainda mais de 10.000 horas de simulações virtuais dos principais componentes do veículo. Todos os seus sistemas foram certificados dentro dos rigorosos padrões globais de desempenho e qualidade da Ford.

O Cargo 3031 8×2 conta com cardã, eixo traseiro e embreagem robustos, reforçados para trabalhar com o torque maior do motor. A transmissão com comandos a cabo oferece engates mais leves, suaves e precisos, com operação silenciosa. Os freios ABS com distribuição eletrônica de frenagem (EBD) garantem estabilidade e segurança ao caminhão.

Entre os competidores, ele é o que tem a maior altura do eixo dianteiro em relação ao solo (300 mm), facilitando a transposição de obstáculos. No seu ponto mais baixo, medido no grampo suspensor, também é o mais elevado (176 mm). A suspensão do segundo eixo com molas parabólicas torna o conjunto mais leve e confortável que os competidores, com a mesma durabilidade.

Todo esse trabalho foi feito com apoio do Campo de Provas de Tatuí, o mais completo da América do Sul para o desenvolvimento de carros e caminhões, que este ano completa 40 anos de operações. Seus 50 km de pistas internas – 10 km pavimentadas e 40 km não pavimentadas – reproduzem as mais diferentes condições de terreno existentes no continente.

Ele também possui instalações para testes de desempenho e consumo de combustível, emissões, evaporação, arrefecimento, freios, penetração de água e poeira, cabines de névoa salina, nível sonoro interno e externo, dinâmica veicular, calibração e desenvolvimento de motores e durabilidade, além de uma oficina experimental para construção de protótipos.

 


Compartilhe!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *