Auto&Técnica | Desde 1995, 23 anos de boas notícias.

Honda Civic Si volta ao mercado mais caro que Mercedes

Compartilhe!

a6

A Honda, que vez por outra insiste em ser uma montadora sorumbática e previsível, também tem seus repentes de ousadia. Era assim com o antigo Cicic Si, que teve 3500 unidades vendidas, e repete a dose com o novo Civic Si Coupé. Só que agora importado e custando a pequena fortuna de R$ 119.900.

O modelo chega em sua nova geração com motor mais potente, suspensão recalibrada e interior mais bem cuidado. Com desenho dentro do que se espera de uma versão esportiva, vai tentar impressionar quem gosta de carros de melhor desempenho, desembarcando ainda este mês nas concessionárias.

Interessante é a oferta da carroceria cupê no Civic Si 2015 (o nacional anterior era sedã), complementada por outros detalhes como a grade com o logo “Si”, faróis, pára-choque e pára-lamas integrados e rodas aro 18 de liga-leve diamantadas. Na traseira, lanternas com outro desenho, amplo aerofólio, ponteira de escapamento cromada, difusor de ar no pára-choque e emblema “Si” na tampa do porta-malas.

DUAS PORTAS

A carroceria cupê enfatiza a pretensão esportiva do Civic Si. Além do desenho diferente, o conjunto ótico possui lentes de policarbonato de alta resistência e faróis auxiliares posicionados nas extremidades do pára-choque, oferecendo iluminação de maior alcance e mais eficiente.

A sigla Si (Sport Injection) identifica o modelo produzido em Alliston, no Canadá, que utiliza a mesma plataforma do Civic sedã feito aqui.

a1

O motor é o que interessa. Trata-se de um 2.4 i-VTEC 16 válvulas DOHC a gasolina, com bloco, cabeçote e cárter de alumínio e comando de válvulas variável. Tem 206 cv de potência máxima a 7.000 rpm e torque máximo de 23,9 mkgf 4.400 rpm, com uma taxa de compressão de 11:1. Comparado com a versão anterior do Civic Si, 2.0 i-VTEC, a potência teve aumento de 14 cv e de torque de 5 mkgf, pouco se considerarmos 20% a mais de cilindrada

 Esta versão i-VTEC tem variação de abertura de válvulas tanto na admissão como na exaustão, permitindo melhor torque em baixas rotações e potência em altos giros. No painel, um LED laranja acende ao lado do nome i-VTEC no exato momento em que o sistema privilegia a potência em altos giros, aumentando o tempo de abertura de uma válvula de admissão e uma de exaustão por cilindro.

SEIS MARCHAS

O câmbio do Civic Si Coupé é manual de seis velocidades com diferencial de deslizamento limitado LSD (Limited Slip Differential), que distribui melhor o torque em curvas como em arrancadas. O modelo também conta com o sistema VSA (Vehicle Stability Assist) para auxiliar no controle da estabilidade, quando é preciso retomar o domínio do veículo em situações de sobre-esterço (saída de traseira) e subesterço (saída de frente). A central eletrônica detecta falhas de aderência e possível perda de trajetória, freando e liberando na intensidade exata a roda afetada para que o carro retorne à direção correta, além de atuar sobre o sistema de injeção/ignição eletrônica, quando necessário.

a2

Para complementar o conjunto, a suspensão dianteira é tipo McPherson e a traseira Multi-Link, obviamente com alterações na geometria e novos componentes. Afinal, é um carro destinado à América do Norte. Na traseira as molas e amortecedores têm nova calibragem e a barra estabilizadora é mais rígida.

Os pneus 225/40R18 também contribuem para o bom desempenho do Civic Si Coupé, assim como a direção com assistência elétrica EPS (Electric Power Steering). No sistema de freios, esse Si usa discos ventilados na dianteira e discos rígidos na traseira, com ABS e EBD.

POR DENTRO

O interior do Civic Si Coupé ressalta sua esportividade com o revestimento dos bancos nas cores preta e vermelha, além do painel, que traz componentes com aparência (só aparência) de fibra de carbono e instrumentos com iluminação vermelha.

a4

Há ainda o “shift light”, localizado no lado esquerdo do painel, que informa a aproximação da rotação de potência máxima do motor: conforme o giro aumenta, seis luzes acendem gradativamente em linha. As primeiras quatro são na cor laranja e as duas últimas são vermelhas. Ao lado, velocímetro e os medidores de combustível e temperatura do motor. Na parte inferior estão conta-giros, hodômetro digital, avisos visuais e indicador de temperatura externa.

a5

Também está integrado ao painel o display de LCD i-MID com a nova função Power Monitor, que indica por meio de um gráfico de barras a evolução da potência do motor. No painel central, está o Display Audio, uma tela de 7 polegadas touchscreen que reproduz imagens da câmera de ré com três níveis (visão normal, com campo ampliado e de cima para baixo), além de informações do CD/MP3 player, Bluetooth, entradas USB e HDMI para iPod/iPhone, computador de bordo com dados do veículo e ar-condicionado digital. O conjunto de áudio traz quatro alto-falantes, dois tweeters e um subwoofer.

PREÇO

No interior, a versão Si está identificada pelo logo nos tapetes (opcionais), bancos e no volante multifuncional, que inclui os controles do sistema multimídia e cruise control. O teto solar é elétrico, a manopla do câmbio e volante revestidos de couro e os pedais de alumínio.

a3

Disponível nas cores sólidas Taffeta White e Rallye Red e nas perolizadas Crystal Black e Orange Fire, o Civic Si Coupé tem preço público sugerido de R$ 119.900,00 independentemente da cor, com três anos de garantia, sem limite de quilometragem.

Muito caro, considerando que nessa faixa de preço existem opções de carros bem interessantes, como Mercedes-Benz Classe A (R$ 110.900). BMW 316i (R$ 116.950) ou Audi A1 1.4 TFSI (R$ 106.000).


Compartilhe!
English English Français Français Deutsch Deutsch Italiano Italiano Português Português Español Español