Auto&Técnica | Desde 1995, 23 anos de boas notícias.

Carro autônomo: Baidu e BMW encerram parceria

Compartilhe!

Final de casamento. A BMW e a gigante chinesa da internet Baidu decidiram encerrar a parceria que tinham na pesquisa e desenvolvimento de veículos autônomos. O anúncio foi feito pelas duas empresas que revelaram, por outro lado, que a parceria termina depois de terem conseguido desenvolver a programação de ultrapassagem autônoma. A Baidu explicou ainda que está agora à procura de outros parceiros globais.

baidu-bmw

Wang Jing, diretor de desenvolvimento de veículos autônomos da Baidu, afirmou que a empresa está utilizando exemplares da marca Lincoln, que pertence à Ford, nos seus testes em território norte-americano, o que pode indicar nova parceria em andamento.

Em relação às razões que levaram ao fim da parceria, Olaf Kastner, o chefão da BMW,  apontou “ideias diferentes” como a causa principal: “Descobrimos agora que o ritmo de desenvolvimento e as ideias das duas empresas são um pouco diferentes”, afirmou durante o Salão de Guangzhou, sem especificar contudo o ponto exato da discórdia.

Mas a colaboração entre as duas entidades continuará a existir em relação ao desenvolvimento de mapas de alta definição, elemento essencial para a navegação de veículos autônomos.

A Baidu pretende começar a comercializar veículos autônomos (ainda em pequena escala) até 2018, e a BMW sinalizou 2021 como a data a partir da qual irá disponibilizar veículos em boa parte (ou totalmente) autônomos. Esse descompasso de tempo deve ter sido a causa do divórcio.


Compartilhe!
English English Français Français Deutsch Deutsch Italiano Italiano Português Português Español Español