Auto&Técnica | Desde 1995, 23 anos de boas notícias.

Carros conectados: tudo o que você precisa saber sobre essa tendência

Compartilhe!





Imagem: Freepik

Você já ouviu falar em carros conectados? Saiba que essa é uma tendência que promete deixar os veículos mais inteligentes e práticos para os usuários. Confira tudo sobre o tema!

Com investimentos cada vez maiores, a tecnologia continua evoluindo em diferentes setores. De casas inteligentes à carros conectados, há uma forte promessa de que a rotina das pessoas seja cada vez mais fácil graças à essa evolução tecnológica.

Tudo isso tem sido possível a partir do desenvolvimento da Internet das Coisas (IoT), que faz com que diferentes comandos sejam acionados ao conectar smartphones a outros dispositivos.

E se antes a Internet das Coisas estava vinculada somente às residências ou áreas empresariais, hoje essa mesma tecnologia tem entrado para o mundo automobilístico, com carros conectados.

Descubra tudo o que você precisa saber sobre essa tendência, que para muitos especialistas, já é uma revolução no setor de transportes.

O que significa carro conectado?

Os carros conectados são veículos com sensores específicos, desenvolvidos e posicionados para permitir que o carro consiga “se comunicar” com outras pessoas e serviços – tudo com o auxílio da internet.

Um carro conectado também possui tecnologia para trazer mais segurança e autonomia para o condutor, com recursos como a conexão do computador de bordo com o WhatsApp.

Assim, é possível manter uma conversa pelo WhatsApp enquanto dirige, diminuindo os riscos de distração que o smartphone costuma provocar.

Essas conversas ficam registradas no celular e, caso o usuário troque de dispositivo, pode transferir o WhatsApp de um smartphone para o outro sem perder nenhum arquivo!

Um carro conectado também consegue dar alertas sobre a condução (se está acima da velocidade permitida, por exemplo), ou mesmo servir como ponte para pedidos de assistência 24 horas por dia.

Carros conectados de fábrica

Um ponto importante sobre os carros conectados é que eles já saem de fábrica com uma configuração específica, diferente dos modelos convencionais.

Nesse caso, os carros conectados ganham um chip embarcado (SIM Card) durante a produção, além de contar com o chamado módulo de telemática.

Esses dois elementos são os grandes responsáveis por manter um carro conectado. O sistema opera de modo integrado, unindo servidores, armazenamento, processamento de dados, central de atendimento e um aplicativo interno.

Conexão nos carros

Mas, na prática, como a tendência de carros conectados opera?

As facilidades de um carro conectado aparecem no dia a dia, em itens que já existem na maioria dos veículos modernos, mas que ainda não contam com esse nível de conexão.

Para começar, temos a central multimidia, que é beneficiada diretamente por permitir que um usuário dê comandos (como escolhas de músicas ou filmes) pelo smartphone.

É aqui também que entra a conexão com o WhatsApp. Os carros conectados operam para que você não perca os registros de uma conversa que teve enquanto estava no carro.

Assim, quando você precisar trocar de celular, dados de WhatsApp e outros registros poderão ser passados de um equipamento para o outro ao contar com programas específicos, como o MobileTrans.

O MobileTrans é um software que permite transferir dados entre smartphones, de modo prático e seguro. Com o carro conectado, ao trocar de dispositivo, você pode apenas usar o MobileTrans para passagem de dados e garantir as informações aonde quer que você vá.

Imagem: Freepik

Além da comunicação via apps, os carros conectados aceitam uma série de comandos à distância, que vão do acionamento do ar-condicionado até travar as portas ou fechar as janelas.

É possível ainda imobilizar o carro com um simples comando, ideal para situações de furto do veículo. Como os carros conectados possuem rastreador, encontrar o veículo roubado também é mais simples.

Um carro conectado é capaz ainda de identificar se há algo errado no motor, encaminhando o condutor imediatamente para a oficina mais próxima.

De fato, os carros conectados representam uma tendência muito mais segura e prática no trânsito.

O futuro dos automóveis

Quando falamos em carros conectados, temos a sensação de que já atingimos o auge da tecnologia no setor automobilístico. Entretanto, especialistas mostram que o futuro dos carros ainda pode nos surpreender muito mais.

Enquanto começamos a conviver com carros conectados, existem grandes pesquisas sendo desenvolvidas na busca de energias mais limpas e sustentáveis como combustível para os carros.

Além disso, uma tendência que se mostra cada vez mais forte, é o desenvolvimento de carros autônomos, capazes de levar pessoas para diferentes pontos, sem a influência direta de um condutor.

É claro que ainda há espaço para muita coisa ser criada, desenvolvida e refinada. Mas, a verdade, é que o futuro dos automóveis já começou. Só temos que aproveitar essas e outras tendências que virão, e que prometem simplificar o transporte.

Imagem: Freepik


Compartilhe!
English English Français Français Deutsch Deutsch Italiano Italiano Português Português Español Español