Auto&Técnica | Desde 1995, 23 anos de boas notícias.

Carros de Ayrton Senna vão a leilão

Compartilhe!

 

A casa de leilões  Bonhams vai vender em maio vários carros que fizeram história no GP de Mônaco, e no lote constam dois verdadeiros tesouros: uma Toleman TG184, de 1984, e uma McLaren MP4-8A, de 1993. O que têm estes dois carros em comum? São modelos de Fórmula 1 e tiveram no comando ninguém menos que Ayrton Senna. Imagine o que isso agrega de valor num automóvel!

 

O primeiro modelo Toleman-Hart foi projetado por Rory Byrne e pelo engenheiro Pat Symonds. Teve o seu grande momento no GP do Mônaco de 1984, numa corrida marcada pela forte chuva que desabou no Principado.

Na volta 19, o novato Senna passou Niki Lauda, que seguia em segundo e estava pronto para assumir o primeiro lugar de Alain Prost. A corrida foi interrompida na volta 31 por questões de segurança, depois que Senna ultrapassou a McLaren de Prost a poucos metros da chegada. Pura politicagem. A festa de Senna não aconteceu porque o regulamento favoreceu o francês, relegando Senna para segundo.

Para Mark Osborne, chefe global de automobilismo da Bonhams a “disputa Senna-Prost, no final da década de 1980 e início da década de 1990, foi uma das maiores rivalidades esportivas de todos os tempos, com dois grandes campeões que proporcionaram aos fãs da F-1 as corridas mais fantásticas e espetaculares já testemunhadas”.

“Estamos muito satisfeitos em apresentar o próprio carro -o Toleman-Hart TG184 de 1984- que desencadeou essa grande rivalidade, e que forneceu o capítulo de abertura para a notável e memorável história de Ayrton Senna no GP do Mônaco”, garantiu Osborne.

 

O segundo carro, mais moderno, viu Senna subir ao lugar mais alto do pódio, na temporada de 1993. Apesar da problemática relação com o carro -confiabilidade do V8 HB construído pela Cosworth e o quebra da suspensão ativa que provocou a saída da pista do brasileiro nos treinos livres no Mônaco- Ayrton se beneficiou sobretudo de uma enorme dose de sorte.

Terceiro classificado no grid, aproveitou a penalização de 10 segundos do líder Prost e a falha hidráulica do carro de Schumacher. Senna precisou apenas de manter o bom ritmo até cruzar a chegada.

Mais informações sobre o leilão e fotos estão aqui.


Compartilhe!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *