Auto&Técnica | Desde 1995, 23 anos de boas notícias.

Carros elétricos: Volkswagen comprou baterias para 50 milhões de carros

Compartilhe!

Foi o chefão do Grupo Volkswagen que confidenciou: a empresa comprou uma quantidade gigantesca  de baterias para veículos elétricos. E não é pouca coisa: estamos falando de conjuntos suficientes para fabricar 50 milhões de veículos elétricos.

Por causa do envolvimento da empresa no Dieselgate, há quem ainda coloque dúvidas sobre o compromisso do Grupo Volkswagen com a mobilidade elétrica, mas o Diretor Executivo da Volkswagen, Herbert Diess, deixou bem claro o tamanho desta aposta. Em entrevista a jornalistas alemães da área social, ele confirmou a quantidade gigantesca de baterias que a empresa já encomendou. “Compramos baterias para 50 milhões de veículos”, confidenciou Diess, o que demonstra bem como as várias marcas do Grupo VW (Volkswagen, Audi, Porsche, Seat, Skoda e mais algumas) se preparam para expandir a oferta no campo das motorizações sem emissões poluentes.

Para se ter ideia da imensidão deste número, ao longo do último ano foram comercializados 10,7 milhões de automóveis pela maior fabricante da Alemanha. Isso significa que estes 50 milhões de baterias garantiriam, se a marca trocasse agora todos os modelos de combustão por veículos elétricos com base na plataforma MEB, o fornecimento deste componente para os próximos cinco anos. A verdade é que, de momento (e colocando em segundo plano modelos com vendas residuais como o e-Golf e o e-Up), dentro do Grupo VW apenas a Audi deu início à sua ofensiva elétrica, com o SUV e-Tron. Entre as restantes marcas do grupo, as próximas a avançar nesse campo (já em 2019) devem ser a Volkswagen, através da submarca ID, e a Porsche com o lançamento do Taycan.

 


Compartilhe!

Um comentário em “Carros elétricos: Volkswagen comprou baterias para 50 milhões de carros

  • 12 de novembro de 2018 em 19:14
    Permalink

    Pois acho que justamente pela vergonha que a VW passou no mundo inteiro com o escândalo do Diesel é que eles estão mergulhando tão fundo na opção do carro elétrico.

    Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *