Auto&Técnica | Desde 1995, 23 anos de boas notícias.

Carros voadores: 14 projetos em andamento, inclusive no Brasil

Compartilhe!

Airbus, Embraer, Boeing, Uber… estas empresas trabalham em vários projetos, que têm como único objetivo colocar carros no ar. Isso mesmo, decolar carros voadores. AUTO&TÉCNICA apresenta os 14 projetos de carros voadores atualmente em desenvolvimento pelo mundo, inclusive no Brasil.

AIRBUS

Desenvolvido em parceria com a Audi, o conceito de carro voador da Airbus foi apresentado no Salão de Genebra do ano passado. Com cabine de capacidade para dois passageiros, o habitáculo pode ser acoplado a uma base sobre rodas ou a um módulo de voo.

O módulo de voo conta com 4,40 metros de comprimento, e é movido por oito motores elétricos capazes de gerar 217 cv de potência. A autonomia rondará os 50 km.

BOEING

O carro voador da Boeing, desenvolvido para ser 100% autônomo, iniciou os primeiro testes no início deste ano. Medindo nove metros de comprimento e 8,5 m de largura, o veículo da Boeing conta com sistemas de propulsão e de hélices para planar, movendo-se de modo semelhante a um helicóptero.

NEC

Várias empresas japonesas decidiram juntar-se –com apoio estatal– para desenvolverem carros voadores capazes de ocuparem o espaço aéreo daquele país até 2030. Um dos exemplos mais recentes é o modelo da Nec Corp que num dos seus testes conseguiu “voar” pairando durante quase um minuto a três metros do solo. Muito semelhante a um drone gigante, este modelo tem como objetivo inicial a entrega de objetos e encomendas.

PAL-V

A holandesa Pal-V promete colocar à venda o seu carro voador já no próximo ano: o Liberty Pioneer. Pesando 660 kg e com autonomia estimada de 500 km, o veículo da Pal-V permite dois passageiros e um máximo de 20 kg de bagagem. Contando com hélices que o fazem parecer um helicóptero, o Liberty Pioneer custará cerca de US$ 600 mil, bem mais barato que um helicóptero convencional, que tem preços entre US$ 1 milhão e US$ 2 milhões.

UBER E BELL NEXUS

Carro voador da Bell Nexus (empresa especializada em helicópteros) e da Uber foi apresentado na CES 2019, em Las Vegas, conta com uma motorização híbrida, é capaz de transportar até cinco passageiros e consegue levantar voo verticalmente.

Uber e Embraer

A empresa brasileira está desenvolvendo, por meio da sua subsidiária Embraer-X, um carro voador para ser usado no sistema de viagens aéreas da Uber.

CARMORANT

A empresa tecnológica com sede em Israel, a Urban Aeronautics, desenvolveu o Carmorant, veículo inicialmente pensado para uso militar; o modelo descola verticalmente e conta com o motor de um helicóptero padrão. A velocidade máxima é de 185 km/h, a autonomia ronda os 60 minutos e é capaz de transportar até 500 kg.

LILIUM JET

A empresa de tecnologia alemã Lilium Aviation está desenvolvendo um avião de dois lugares, que descolará verticalmente usando 36 motores de ventiladores elétricos colocados ao longo das asas. A aeronave terá velocidade máxima estimada de 300 km/h e autonomia de 300 km.

AEROMOBIL 3.0

A eslovaca AeroMobil desenvolveu um carro a gasolina, com asas que se desdobram para conseguir voar. O modelo é capaz de levantar voo a partir de qualquer piso liso com algumas centenas de metros de comprimento. O piloto deverá ter uma licença aeronáutica para o conseguir comandar o veículo.

EHANG 184

A fabricantes chinesa de drones EHang está testado um avião de transporte de pessoas no Estado de Nevada, Estados Unidos. O veículo é um cockpit com quatro braços equipados com rotores. As rotas de descolagem e pouso estão pré-programadas. Uma estação de comando na China será capaz de monitorar e controlar a aeronave em qualquer parte do planeta.

S2

A empresa Joby Aviation, de Santa Cruz, na Califórnia, encontra-se trabalhando em um carro voador de dois lugares, totalmente elétrico, com 12 rotores de inclinação dispostos ao longo das asas e cauda. O veículo descola e pousa verticalmente e pode atingir velocidades de até 320 km/h.

TRANSITION/TF-X

A Terrafugia, com sede em Woburn, Massachusetts, começou a trabalhar há uma década num carro com asas dobráveis, que pode voar ou ser conduzido em estrada: o Transition. A empresa planeja começar a produção ainda em 2019 e está ainda desenvolvendo um outro carro voador, o TF-X, com braços dobráveis e rotores para decolagem e pouso vertical.

VOLOCOPTER

Um veículo de dois lugares elétrico desenvolvido pela empresa alemã E-VOLO, o Volocopter, conta com 18 rotores e parece resultado do cruzamento entre um helicóptero e com uma abelha. Será controlado a partir do solo.

ZEE

Esta empresa de aeronaves patrocinado pelo co-fundador do Google, Larry Page, encontra-se desenvolvendo uma “nova forma revolucionária de transporte” na “combinação da aerodinâmica, fabricação avançada e propulsão elétrica”.


Compartilhe!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *