Auto&Técnica | Desde 1995, 23 anos de boas notícias.

RECORDES CHINESES

Compartilhe!

No último ano a montadora Chery superou sua melhor marca, conquistada em 2008.

Chamado de A3 na China, o Chery Cielo, e o Chery Face, nomeado A1 por lá, junto com o SUV Tiggo, são os responsáveis pelo aumento de 73% nas vendas da Chery. A marca ganhou popularidade na América do Sul e Europa, tanto que esses continentes consumiram 160.200 dos carros fabricados pela montadora asiática. Se somarmos as vendas na China e nestes outros mercados, temos 643.000 carrinhos chineses vendidos somente em 2010.

Enquanto adota os métodos de produção das empresas mais tradicionais, a Chery está investindo na nacionalização de sua marca, e montando novas fábricas em países como Venezuela e Brasil. Para acertar no design, a empresa trabalha em conjunto com o renomado estúdio Pininfarina, que dispensa apresentações.

Os números refletem o entusiasmo. Em 2011, bateu recorde de exportação e pelo 11º ano consecutivo, conquistou o posto de maior fabricante de veículos independente da China. Além disso, foram vendidos três vezes mais carros que em 2010, o que fez com que a Chery subisse duas posições no ranking de vendas da Fenabrave. No total 21.682 veículos da marca foram emplacados, e o modelo QQ liderou as vendas com 9.923 unidades.


Compartilhe!
English English Français Français Deutsch Deutsch Italiano Italiano Português Português Español Español