Auto&Técnica | Desde 1995, 23 anos de boas notícias.

Cinco carros que envergonham até as suas montadoras

Compartilhe!

As montadoras de automóveis não têm orgulho de todos os veículos que já produziram. Fizemos uma seleção de cinco carros que envergonham as suas próprias marcas. Alguns por falta de qualidade, outros pelo péssimo planejamento do produto. Vamos conhecê-los?

Aston Martin Cygnet

aston martin cygnet

 Este “Aston Martin” é na verdade o Toyota iQ transformado para a prestigiosa marca britânica. Sim, isso pode parecer muito estranho, porém é o carro pequeno que tentaram vender aos ingleses. Não deu certo. É verdade que equiparam o Cygnet com itens mais exclusivos, interior luxuoso e motor de 98 cv. Mas tudo isso parece ridículo, imaginando os esportivos que levam a marca Aston Martin. Com a palavra, James Bond.

Porsche 924

porsche 924

 No final dos anos 1970, a Volkswagen encarregou a Porsche de desenvolver um cupê de linhas esportivas para ser produzido na década seguinte, mas no final decidiu não colocá-lo no mercado. Com todo trabalho de desenvolvimento pronto, a Porsche decidiu colocar o carro à venda. Os fãs da Porsche nunca perdoaram o 924, que usava motor 2.0 de quatro cilindros, o mesmo usado na época num furgão do Grupo VW.

Jaguar X-Type

jaguar x-type

 A Jaguar estava sob controle da Ford, e os americanos queriam um rival para a BMW Serie 3. A solução? Utilizar a plataforma de um modesto Ford Mondeo e criar um sedã médio premium. Não que o Mondeo fosse ruim, mas era um carro muitas categorias abaixo de qualquer Jaguar. Não deu outra. Seu desempenho era discreto, o acabamento também e, para piorar, era um carro de tração dianteira. Agora a Jaguar planeja o lançamento de um novo sedã médio: o Jaguar XE. Desejamos melhor sorte para a marca.

Volkswagen Golf GTI MK4

volkswagen golf gti mk4

 O Golf GTi com motor 1.8 turbo de 150 cv era um carro muito interessante, mas a versão aspirada de 125 cv nunca devia ter existido.  Seu desempenho era fraquinho, igual ou pior a qualquer outro compacto sem pretensões esportivas. Enquanto o Golf IV era bem acabado e equilibrado, o marketing da Volkswagen se equivocou com este GTi nem um pouco esportivo.

Rover CityRover

rover cityrover

 Esta aberração é o CityRover, da Rover. Era 2003, e a Rover se encontrava numa situação econômica para lá de desastrosa. Precisava de um carro novo e não tinha nenhum dinheiro em caixa. Solução? Recorrer à Índia e dar um novo visual ao Tata Indica. Além de feio, o acabamento era ruim e não tinha nenhuma qualidade que merecesse destaque. O resultado? Fechou em 2005…


Compartilhe!
English English Français Français Deutsch Deutsch Italiano Italiano Português Português Español Español