Auto&Técnica | Desde 1995, 23 anos de boas notícias.

Com o ID.3, começa uma nova era para a Volkswagen

Compartilhe!

Demorou um pouco, mas a Volkswagen exibiu as formas finais do ID.3, modelo com o qual a vai iniciar a sua “revolução elétrica”. O carro já podia ser reservado e conhecíamos alguns dos seus dados técnicos, mas até agora o que não sabíamos do ID.3 era qual seria seu visual. Pois agora, com a chegada do Salão de Frankfurt, a espera terminou.

Como prometido, a Volkswagen retirou a camuflagem que até agora cobria a carroceria do ID.3 e revelou o seu primeiro modelo desenvolvido com base na plataforma MEB, confirmando muitas semelhanças com o conceito I.D. apresentado em 2016.

 No interior, o maior destaque vai para a quase total ausência de comandos físicos, com o ID.3 apostando nos comandos táteis, sendo que, dos tradicionais “botões”, mantiveram-se apenas os dos vidros elétricos e do pisca-alerta.
 

Conforme já havíamos antecipado, o Volkswagen ID.3 estará disponível com três opções dfe baterias. A menor, de 45 kWh de capacidade, permite percorrer 330 km entre carregamentos . Já a bateria de 58 kWh (a escolhida para a versão especial de lançamento ID.3 1ST), oferece autonomia de 420 km. Por fim, a bateria de maior capacidade, 77 kWh, que permite autonomia de 550 km.

Segundo a Volkswagen, é possível repor até 290 km de autonomia em apenas 30 minutos, isto quando se  recorre a um carregador de 100 kW.

Apesar de ainda não ter divulgado todos os dados técnicos relativos ao seu novo modelo, a Volkswagen confirmou que a versão equipada com a bateria de 58 kWh vai contar com um motor elétrico montado no eixo traseiro, que oferece 204 cv de potência, 31 mkgf de torque e permite velocidade máxima de 160 km/h.

Com uma produção limitada a 30 mil unidades e disponível para pré-reserva há quatro meses na Europa, o ID.3 1ST consiste na edição limitada de lançamento do modelo desenvolvido com base na plataforma MEB. Disponível em quatro cores e três versões (ID.3 1ST, ID.3 1ST Plus e ID.3 1ST Max) esta edição de lançamento recorre à bateria de 58 kWh, custando cerca de US$ 45 mil na versão mais acessível.

Volkswagen ID.3
Comparado com o Golf, o ID.3 é 3 mm mais comprido, 10 mm mais largo e 60 mm mais alto. Já a distância entre-eixos é 145 mm maior (mede 2765 mm), apenas 21 mm menos que a do Passat.

Quanto aos preços das demais versões, ainda não foram divulgados. No entanto, a Volkswagen já sinalizou que a produção começa em novembro na fábrica de Zwickau, estando a entrega das primeiras unidades prevista para o primeiro trimestre do próximo ano.


Compartilhe!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *