Auto&Técnica | Desde 1995, 23 anos de boas notícias.

COM O QUE ABASTEÇO MINHA FERRARI ?

Compartilhe!

Com um pequeno investimento é possível escolher gasolina,álcool ou bio-etanol E 85 .

Os carros da Ferrari não são conhecidos por sua preocupação com o meio ambiente. Na verdade, eles se tornaram lendas por seus motores V8 e V12, por sua alta performance, desempenho esportivo e agressivo, o que os fazem “beberrões”.

Mas a imagem de gastão pode estar com os dias contados. Uma empresa da Noruega oferece o serviço de conversão aos clientes do modelo FF para o uso do bio-etanol E85 , elevando ainda a potência do motor para 875 cavalos, e diminuindo as emissões de carbono em 80%. Essa maravilha pode parecer cara demais por tantos benefícios, mas custa menos de 2.000 dólares, e com as taxas de câmbio atuais torna-se mais atrativo ainda.

Mas alguns especialistas levantam questões pertinentes. A solução realmente seria a ideal, desde que o bio-etanol E-85 estivesse disponível em todos os lugares. Na Europa, por exemplo, com exceção da Escandinávia, este tipo de combustível ainda é mal distribuído. Nos Estados Unidos é quase uma missão impossível encontrar o bio-etanol acima do E10 ou E15, além disso, não se sabe se é possível que haja algum efeito colateral em veículos com motores mais antigos.

Voltamos ao cenário já vivido pela Bentley há alguns anos atrás, quando apresentou o Continental Supersports, produzido para rodar com etanol. O carro foi um sucesso onde o etanol está devidamente implementado, como na Suécia, mas não obteve o mesmo êxito em outros países onde os principais combustíveis ainda são derivados de petróleo.

Neste momento, o comprador terá a dura missão de refletir e decidir se deseja uma máquina de 875 cavalos que pode sofrer para ser reabastecida, ou se deseja um carro sem alterações, de 650 cavalos, mas que poluirá o planeta a cada acelerada, sem opção de conversão para um combustível sustentável.

O mais importante desta história é perceber os rumos que a indústria está escolhendo. Os veículos menos poluentes e sustentáveis estão cada vez mais inseridos no contexto da sociedade, e o que antes eram apenas protótipos, tornaram-se realidade. Os consumidores estão atentos e veem com bons olhos as energias renováveis e não poluentes, e as montadoras que não se adequarem a esta realidade, vão perder cada vez mais espaço.


Compartilhe!
English English Français Français Deutsch Deutsch Italiano Italiano Português Português Español Español