Auto&Técnica | Desde 1995, 23 anos de boas notícias.

Coronavírus já para fábricas de automóveis

Compartilhe!

O surto do Coronavírus afetou a exportação de matérias-primas originárias da China, e foi isso que levou a Hyundai a suspender as operações, na maior parte das suas fábricas.

A Hyundai está sentindo os efeitos do Coronavírus na sua linha de produção. Como grande parte das matérias-primas usadas por ela chegam da China, a marca sul-coreana enfrenta agora uma escassez de componentes.

Um representante da Hyundai disse que a empresa sul-coreana irá promover a parada temporário das suas sete fábricas naquele país. Estas instalações são responsáveis por 40% do volume da produção da Hyundai, em nível global. A interrupção da produção terá iníco no dia 7 de fevereiro e irá durar três ou quatro dias.

Hyundai na linha de produção
Hyundai para a linha de produção de suas sete fábricas.

De acordo com a mesma fonte, o corte no fornecimento de arame é o principal responsável pela interrupção na produção da Hyundai. Ao que tudo indica, um trabalhador da fábrica fornecedora na China teria contraído o Coronavírus, o que levou a decisão de suspender as operações.

Ford, Nissan e Tesla

A rápida propagação do surto Coronavírus já obrigou algumas marcas, como Ford, Nissan e Tesla a suspender as suas atividades na China, na esperança de conter a propagação do vírus. A Dongfeng, que é o braço-direito do Grupo PSA na China, tem as suas operações instaladas em Wuhan, epicentro do surto viral.

A Hyundai se tornou, assim, a primeira grande montadora a suspender suas atividades fora da China.


Compartilhe!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *