Classic CarsSlide

Cultura inútil: a primeira mulher que comprou um Porsche

Compartilhe!

A Porsche teve alguns clientes interessantes e famosos -como o comediante Jerry Seinfeld ou os atores Paul Newman e Steve McQueen- ao longo de sua existência, incluindo até mesmo muitas celebridades que acabaram se envolvendo em tragédias, como James Dean ou Ryan Dunn (do programa “Jack Ass”), mas por outro lado, poucas podem rivalizar com a história de vida de Jolantha Tschudi, uma piloto amadora de aviões suíça, a primeira cliente mulher da marca Porsche.

por Marcos Cesar Silva

Tschudi fez seu primeiro voo solo com apenas 18 anos. Ela também estudou etnologia e, em dezembro de 1946, partiu para a primeira do que seriam muitas viagens à África para documentar povos indígenas até então desconhecidos pelos europeus. Nos anos seguintes, Tschudi e seu marido, um curador de museu, percorreram mais de 13.000 km em um avião monomotor Stinson, com seis pousos de emergência.

Ela voltaria à África várias vezes, mas também tinha interesse em meios de transporte terrestres. Em 1948, ela se tornou a primeira mulher a comprar um Porsche quando adquiriu um conversível 356/2 azul escuro de Bernhard Blank, um hoteleiro de Zurique e um dos primeiros revendedores da marca. Este conversível foi um dos dois primeiros carros que Blank revendeu; o outro era um cupê 356/2 branco.

Mais do que uma pioneira no ar, Jolantha Tschudi também estava aberta a novas experiências no chão. Ela ficou em êxtase na primeira vez que ouviu falar sobre um novo carro esportivo que atendia pelo nome de Porsche, em 1948 mesmo. “Para ela, dirigir e voar significava liberdade e aventura”, disse seu filho Christian Neukom. E ela realizou seu sonho com o elegante Porsche 356, que era extraordinariamente moderno naquela época.

Este foi o primeiro ano de produção da Porsche, que montou seu primeiro lote de carros em Gmünd, na Áustria, antes de transferir a produção para a Alemanha. Ao contrário dos modelos 356 posteriores, esses primeiros carros tinham modelada à mão. O carro de Tschudi tinha a carroceria feita pelo encarroçador Gebrüder Beutler.

Jolantha Tschudi foi a primeira mulher a comprar um Porsche

A aventureira recebeu seu Porsche no Salão de Genebra de 1948. Ela o dirigiu em viagens para pontos de voo livre nos Alpes, onde estabeleceu vários recordes de altitude e distância como membro da equipe nacional suíça de planadores. Ela não foi dona do carro por muito tempo, no entanto. Depois de bater em um meio-fio no monte Julier Pass, no Cantão dos Grisons, na Suíça, ela vendeu o Porsche danificado para seu irmão.

Depois de se casar e ter dois filhos, Tschudi acabou desistindo de voar também, mas continuou a perseguir uma paixão pela caça e pesquisa etnográfica. Ela morreu em 2011, aos 86 anos. E assim entrou para a história da Porsche, como a primeira mulher a se interessar pelos carros da marca…


Compartilhe!
1718539836