Davis Divan Three-Wheeler: o carro que se perdeu na história

Compartilhe!

A América pós-Segunda Guerra Mundial era voraz consumidora de carros e de novidades, e o Davis Divan queria aproveitar isso. Apresentava detalhes de estilo inspirados em aeronaves, que na época povoavam a imaginação de muitos. Mas a história não foi generosa com a Davis: infelizmente, apenas 13 unidades do Davis Divan de três rodas foram construídas, e o presidente da empresa, Glenn Gordon “Gary” Davis, passou dois anos preso em um campo de trabalho em Castaic, Califórnia, por roubo.

O Davis Divan foi um conversível de três rodas construído pela Davis Motorcar Company entre 1947 e 1949. A criação do vendedor de carros usados Glen Gordon “Gary” Davis, foi em grande parte baseada no “The Californian”, um roadster de três rodas construído pelo futuro desenhista de carros de Indianapolis Frank Kurtis, para o milionário e piloto do sul da Califórnia Joel Thorne.

Depois de construir dois protótipos em 1947, Davis embarcou em uma agressiva campanha publicitária e promocional para o carro, que incluiu inúmeras aparições em revistas, uma luxuosa revelação pública no Hotel Ambassador em Los Angeles e uma viagem promocional pelos Estados Unidos. Lembra muito a história do IBAP Democrata no Brasil.

Na fábrica da empresa em Van Nuys, na California, os funcionários trabalharam freneticamente para construir os Divan, embora o modelo nunca tenha sido colocado em produção em massa. Apesar de levantar US$ 1,2 milhão por meio da venda de licenças para 350 concessionárias, a Davis Motorcar Company não entregou carros a seus potenciais revendedores ou pagou seus funcionários, e foi processada por ambos os grupos. Os bens da empresa foram liquidados para pagar impostos, enquanto o próprio Gary Davis foi condenado por fraude e roubo, e condenado a dois anos de prisão em um campo de trabalho.

Apenas 13 Divan (incluindo os dois protótipos) foram construídos, dos quais 12 sobreviveram. O carro apresentava detalhes de estilo inspirados em aviões, freios a disco, faróis escamoteáveis, capota removível e outros recursos interessantes.

Na verdade, entre 1947 e 1949, a Davis Motorcar Company produziu um total de 16 veículos, incluindo 11 Divan de pré-produção, bem como os dois protótipos e mais três veículos militares, que eram comparáveis aos Jeeps Willys. Todos os modelos da Davis tinham uma única roda na frente e duas rodas na parte de trás do veículo. Os carros foram construídos em um hangar no aeroporto de Van Nuys )perto de Los Angeles) que foi usado anteriormente para montagem de aeronaves e, depois, acabou adquirido pela Petersen Aviation. 

O Davis Divan media 466 cm de comprimento com distância entre-eixos de 278 cm, que era longa para um veículo de três rodas; ele tinha altura de 152 cm e pesava 1.110 kg.  Com largura de 183 cm, oferecia espaço suficiente para acomodar quatro passageiros em banco único; na verdade, este recurso inspirou o nome do carro, divan (divã, em português) que era o termo árabe para um sofá ou cama. O carro também contava com chassi de aço, carroceria de alumínio e rodas de 15 polegadas, O Divan foi construído com uma estrutura de aço, 11 painéis de carroceria feitos de alumínio e zinco, enquanto o protótipo “Baby” tinha sido construído com uma estrutura de tubos de aço. 

A maioria dos Divan eram alimentados por motores de quatro cilindros em linha, 2.600 cm3, capazes de produzir 63 cv. Outros, incluindo os protótipos D-1 “Baby” e D-2 “Delta”, foram equipados com motores industriais Hércules de quatro cilindros. O drivetrain do carro incluía transmissão manual Borg-Warner de três velocidades e diferencial Spicer. 

Os dados da velocidade máxima do Divan eram de 160 km/h e 187 km/h, e seu consumo de gasolina foi estimado entre 15 km/litro e 22 km/litro. O uso de três rodas resultava em um pneu a menos para desgastar, ao mesmo tempo em que o tornou mais manobrável e bastante fácil de estacionar.

Programado para serem vendidos por US$ 1.600 cada, os Divan nunca foram colocados em produção regular ou vendidos ao público antes da morte da Davis Motorcar Company, e os carros que já haviam sido construídos foram entregues aos credores. Sem dinheiro para pagar as dívidas, Davos foi condenado a uma temporada na prisão.










Compartilhe!
简体中文 简体中文 English English Français Français Deutsch Deutsch Italiano Italiano 日本語 日本語 Português Português Español Español