Auto&Técnica | Desde 1995, 23 anos de boas notícias.

DB4GT: O ASTON MARTIN MAIS CARO DO MUNDO

Compartilhe!

big_162744

Um  Aston Martin DB4GT único com uma carroceria exclusiva foi vendido por 3.8 milhões de euros (R$ 10,5 milhões) tornando-se o mais valioso Aston Martin do mundo. O carro foi vendido por cerca de mais 758 mil euros (R$ 2,185 milões) do que o DB5 usado nos filmes “Goldfinger” e “Thunderball”, que foi vendido em 2010 por cerca de 3 milhões de euros (R$ 9,5 milhões).

O carro foi o último DB4GT fabricadado pela Aston Martin e um de 30 carros produzidos com volante à esquerda. Foi enviado para a Bertone para ser colocada a carroceria especial e foi exibido no stand da Bertone no Salão Automóvel de Genebra em 1961. Foi uma das primeiras obras de Giorgetto Giugiaro, que tinha 22 anos e que mais tarde viria a criar carros importantes como o Volkswagen Golf e o BMW M1.

O DB4GT era a versão de competição do DB4 com os bancos traseiros removidos, uma carroceria de alumínio e uma distância entre eixos 127mm mais curta. As mudanças reduziram o peso em cerca de 90kg. A potência sofreu um upgrade graças aos carburadores triplos Weber e duas velas por cilindro para aumentar os 240cv da versão standard para os 302cv no GT.

A carroceria exclusiva Bertone era conhecida como Jet e foi concebida para combinar o desempenho e estilo. Não era tão leve como o carro de carroceria Zagato, mas tinha mais detalhes de luxo, que foi substituída pela criação de Giugiaro em aço. Infelizmente o Jet apareceu em Genebra no mesmo ano que o Jaguar E-Type que roubou os holofotes daquele ano.

O carro viveu a maior parte da sua vida nos EUA depois da Bertone o ter vendido, mas o na altura presidente da Aston Martin Victor Gauntlett comprou o carro na década de 80 e restaurou-o na fábrica. O carro foi vendido durante a restauração, mas o novo proprietário foi capaz de encontrar as peças necessárias e colocar o carro novamente na estrada em 1988.

Desde sua restauração, o Jet já percorreu o mundo para vencer os Prêmios de Melhor do Evento e Melhor da Classe em muitos Concours d’Elegance, incluindo Pebble Beach em 1989 e o Villa d’Este em 2001. Também tem sido extensivamente conduzido para um carro tão raro. Desde 1988 o proprietário percorreu cerca de 56.300km no carro.

Jorge Finardi Filho


Compartilhe!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *