Auto&Técnica | Desde 1995, 23 anos de boas notícias.

ECOSPORT: DE CARA NOVA

Compartilhe!

Mais vendido da categoria, o utilitário da Ford  foi reestilzado para manter a liderança no segmento.

     A Ford apresentou na primeira semana de 2012, em Brasília (DF), um prototipo do que será –segundo ela- a nova geração do seu pequeno utilitário esportivo EcoSport. O carro foi mostrado simultaneamente com uma prévia do Salão de Nova Déli, na Índia, e é o primeiro veículo global da marca criado na América do Sul. A geração anterior, ainda vendida nas concessionárias, foi lançada em 2003 e se transformou num grande sucesso, com mais de 700 mil unidades comercializadas.

     Mas a Ford ficou ese tempo todo deitada em berço esplêndido, e a chegada do Renault Duster acabou apressando a apresentação do novo modelo para os jornalistas brasileiros. O SUV da Renault ultrapassou as vendas do EcoSport no final do ano passado, e só agora, com a redução de preços no modelo da Ford, a briga ficou equilibrada. Mas foram milhares de vendas perdidas para os franceses.

     De acordo com a Ford, a chegada do novo EcoSport significa outro patamar em termos de status para a montadora, com um produto inovador criado aqui, que passa a ser vital para o crescimento da presença da Ford nos raros mercados em crescimento do mundo, como Índia, Rússia e Brasil. Do EcoSport original, só sobrou o nome. O modelo mostrado em Brasília era apenas um prototipo, mas a montadora garantiu que as linhas são as definitivas. O lançamento acontecerá mais para o meio do ano, e então o atual EcoSport sai de linha.

BELO DESENHO

     O novo utilitário esportivo pequeno foi projetado combinando bem desenho, tecnología e segurança, e quer com isso atrair uma nova geração de consumidores em diferentes mercados. A idéia é manter a aparência aventureira, sem ser um off-road genuíno. Nada foi falado em termos de preço, mas o veículo não deve deixar a faixa de valores do EcoSport atual e do Renault Duster, que hoje partem de pouco menos de  R$ 49 mil.

     O carro lembra um pouco os SUVs atuais da Hyundai, com desenho bastante ousado. É o primeiro carro global de passageiros do programa “One Ford” criado na América do Sul. Seu projeto foi feito no no Centro de Desenvolvimento do Produtos da Ford, em Camaçari, na Bahia, um dos oito locais globais de criação de veículos da marcas.

     Além de ser desenhado de acordo com a atual proposta visual da Ford, chamada de “Kinetic”, o novo EcoSport busca otimizar o consumo de combustível, com linhas mais aerodinâmicas e peso reduzido. Além do desenho avançado, o EcoSport manteve o estepe externo, fixado na tampa traseira. A maçaneta da tampa traseira é embutida na lantterna direita, e os poneus são aro 18.

ROBUSTO

     O carro tem frente alta e imponente, e seu perfil foge do padrão de linhas muito retas comuns nos SUVs. A “coluna A” é bem inclinada, o capô é curto e os vidros laterais são sinuosos, o que ajuda a criar um visual esportivo e bastante atual. Os faróis são posicionados no alto, bem estreitos, a “coluna B” é pintada de preto ( o que completa o desenho dos vidros laterais) e coluna traseira garante aparência robusta. A linha de cintura é bem marcante.

     Alan Mulally, presidente e CEO da Ford, não participou do evento em Brasília -mas gravou um vídeo para a apresentação- pois estava na Índia. Segundo ele, “nossa equipe do Brasil usou sua experiência, trabalhando em conjunto com os centros de desenvolvimento do produto de todo o mundo, para tornar ainda mais marcantes todos os aspectos do modelo de nova geração. O novo EcoSport reflete o nosso compromisso de oferecer aos consumidores carros e utilitários que eles realmente desejam e buscam”.

     Do interior do veículo, nada foi mostrado, mas a Ford informou que seu projeto tem os recursos e tecnologias que os consumidores da nova geração exigem. O EcoSport foi desenvolvido a partir da nova plataforma do segmento B da Ford, que servirá de base para muitos de seus veículos compactos no futuro próximo. Até o final desta década, essa nova linha de veículos será responsável pela produção anual de mais de 2 milhões de unidades.

100 MERCADOS

     O EcoSport será fabricado Brasil, na Tailândia, na Índia e em outros locais ainda não anunciados. O modelo vai ser vendido em mais de 100 mercados em todo o planeta. A primeira geração do EcoSport foi criado como parte do “Projeto Amazon”, que incluiu também os Fiesta, feitos na mesma plataforma, além da construção do primeiro complexo automotivo do Nordeste brasileiro, em Camaçari (BA), inaugurado em 2001.

     Assim, a Ford tenta recuperar o mercado que perdeu no Brasil. Viveu desde 2003 na mais absoluta tranquilidade, até que no dia 4 de outubro de 2011 chegou o Renault Duster, ameaça anunciada desde 2009. Apenas 15 dias após seu lançamento, o francês chegou a vender 40% mais que o veterano líder do mercado. Agora a Ford reagiu.

– Leia mais em AUTO&TÉCNICA.

 

no images were found


Compartilhe!
English English Français Français Deutsch Deutsch Italiano Italiano Português Português Español Español