Auto&Técnica | Desde 1995, 23 anos de boas notícias.

De olho no futuro, Apple pode comprar a valorizada Tesla

Compartilhe!

A Tesla está cada vez mais valorizada. Foi avaliada em quase US$ 50 bilhões, o dobro de Ford e GM, por exemplo. O resultado é que chamou a atenção da Apple, interessada em comprar a mais valiosa marca de automóveis da atualidade.

apple-tesla

Desde janeiro, as ações da Tesla subiram 40%, estando hoje cotadas em mais de US$ 280 cada. Isso fez com que o valor de mercado da marca californiana esteja -neste momento- avaliada em cerca de US$ 48 bilhões, o dobro do valor de mercado da Ford e da GM, por exemplo. Talvez por isso, o banco norte-americano Citygroup tenha criado uma lista de sete potenciais alvos para a Apple, gigante tecnológico com US$ 230 bilhões em caixa, lista esta onde se destaca a Tesla. De acordo com o “Economic Times”, a Apple está analisando ainda a NetFlix, a Walt Disney e a Electronic Arts.

Apesar de ainda dar prejuízo (que aumentou de US$ 260 para US$ 370 milhões no primeiro trimestre deste ano) e da desconfiança do mercado, devido a números de vendas modestos e aos atrasos sucessivos dos seus lançamentos, a Tesla -comandada por Elon Musk- continua a investindo para reverter a situação e para crescer de forma sustentável.

supercharger-idle-fee

O ponto de corte disso poderá ser o Model 3, cujo processo de lançamento está sendo acelerado e que a Tesla diz que estará pronto para ser mostrado em 2 ou 3 de junho, sendo que, no entanto, as primeiras unidades só devem começar a ser entregues no final de 2018.

Musk garante que o “3” será um modelo mais fácil de fabricar, sendo uma versão mais barata e menor do Model S, com menor autonomia, potência e  equipamentos de série. O chefão da marca avisa que o Model 3 não é uma versão mais avançada do Model S, e sim uma forma de aproximar a Tesla do mercado mais popular. O fabricante da California espera vender um milhão de carros por ano até 2020, crescimento significativo diante dos 84 mil de 2016.

O Model 3 começa nos US$ 35 mil nos Estados Unidos, sem incentivos ou opcionais, anunciando autonomia de 346 km. Com estas caraterísticas, o Model 3 leva a Tesla a prever faturamento de US$ 13 bilhões/ano. Musk diz que, em 2025, a Tesla poderá atingir precisamente valor de mercado equivalente ao da Apple, cerca de US$ 650 bilhões.

Citados pelos jornalistas, investidores dizem que o mercado está “hipnotizado” por Musk e que a Tesla é uma bolha. Jim Cramer, apresentador de um programa sobre mercados na CNN, diz que é preciso esperar até 2025 para ter respostas em relação à Tesla, apesar de considerar que a grandiosidade das idéias de Musk torna arriscado apostar na descida das ações. A Tesla é, curiosamente, considerada por muitos como a “Apple dos automóveis”.

A própria Apple de vez em quando manifesta a intenção de entrar no mercado automotivo, por meio do Projeto Titan. Aliás, apesar das informações de que este projeto possa estar congelado ou até mesmo cancelado, a verdade é que o gigante tecnológico recebeu recentemente autorização para iniciar os testes de modelos de condução autônoma na Califórnia.


Compartilhe!
English English Français Français Deutsch Deutsch Italiano Italiano Português Português Español Español