Auto&Técnica | Desde 1995, 23 anos de boas notícias.

Demitido: Jeremy Clarkson fora do Top Gear

Compartilhe!

Foi mesmo o fim da linha para Jeremy Clarkson na BBC e no programa Top Gear. Foi vitimado pelo próprio ego, arrogância e polêmicas.

download

Foram muitos os problemas desencadeadas por Jeremy Clarkson -inclusive diplomáticos- ao longo do programa Top Gear, mas segundo o diretor-geral da BBC, Lord Hall, a agressão ao assistente de produção Oisin Tymon foi “a linha ultrapassada”. Lord Hall acrescenta ainda em comunicado que esta não foi um decisão tomada de imediato e que certamente será mal recebida pelos fãs do programa.

De acordo com um relatório interno da BBC, o embate físico entre o apresentador e o assistente de produção durou 30 segundos e uma testemunha presenciou todo o incidente. O assistente de produção Oisin Tymon não tinha intenção de acusar Clarkson, foi o próprio apresentador que reportou o sucedido à BBC, provavelmente na certeza de que nada iria acontecer.

Jeremy Charles Robert Clarkson tem 54 anos e começou a apresentar o programa de televisão Top Gear no dia 27 de outubro de 1988, há 26 anos. Quanto ao Top Gear, ainda não sabe qual o destino daquele que detém o recorde de programa sobre automóveis de televisão mais visto, com 4 milhões de espectadores em todo o mundo.

Segundo jornalistas, Chris Evans poderá substituir Jeremy Clarkson no programa. Quanto ao futuro de Jeremy Clarkson pouco se sabe, mas existem boatos de que o apresentador inglês poderá estar em vias de assinar um contrato milionário com a NetFlix.

Relembrando o programa, este foi o último “across the line” para o apresentador inglês, jornalista que se imaginou uma espécie de prima donna do setor.


Compartilhe!
English English Français Français Deutsch Deutsch Italiano Italiano Português Português Español Español