Auto&Técnica | Desde 1995, 23 anos de boas notícias.

Dicas para aproveitar ao máximo o ar condicionado

Compartilhe!

O ar condicionado é aquele equipamento cada vez mais necessário e indispensável quando o verão chega. O funcionamento parece simples. Apertamos um ou dois botões, abrimos as saídas de ar e desfrutamos do arzinho frio. Simples, certo? Nem tanto. Há erros que cometemos constantemente, e assim não desfrutamos do máximo que o condicionador de ar pode oferecer. Saiba quais são esses erros, para poder evitá-los.

Já é passado o tempo em que podíamos nos dar ao luxo de fazer deslocamentos ou viagens com o carro nas horas de maior calor, uma vez que se popularizou um equipamento imprescindível: o ar condicionado. A simplicidade do uso deste componente esconde um complexo processo de aplicação; o sistema empregado em cada modelo específico de carro demora até três anos para ser desenvolvido. Ainda assim, há erros que cometemos quando ligamos o ar condicionado. Evite-os para aproveitar ao máximo este seu companheiro de viagens.

– Colocar o ar condicionado no máximo quando se entra no carro
No verão, as temperaturas no interior de um automóvel estacionado ao sol podem atingir os 60 ou 70ºc. Em meia hora, consegue-se reduzir essa temperatura se seguir alguns passos, e colocar o ar condicionado no máximo não é um deles.
 

Antes de colocar o carro em movimento, abrir as portas as portas e as janelas e deixar entrar o ar do exterior no habitáculo durante um minuto -sem ligar o ar condicionado- é o primeiro passo que deverá ser feito. Desta forma, conseguimos baixar de forma natural a temperatura interior. Depois, já é possível entrar, fechar as portas e as janelas e ligar a climatização.
 
– Não mantenha ativada a recirculação do ar
Manter esta função ativada contribui para o embaçamento dos vidros. Opte pela opção Auto para que o fluxo de ar se autorregule e se torne mais homogêneo. O uso do ar condicionado torna-se mais eficiente desta forma.
 
– Ligue o ar condicionado mesmo quando a manhã está fresca
Algumas manhãs de verão podem ser frescas, mas devemos ainda assim ligar o ar condicionado, nem que seja a uma temperatura mais elevada. Com isto, evita que os vidros embacem quando a temperatura exterior subir. Evite não usar o ar por longos períodos, para que o gás refrigerante não perca sua capacidade e evitar ressecamento de mangueiras e vedadores. Use o ar condicionado pelo menos cinco minutos por dia.
 
– Verifique para que direção estão apontadas as saídas de ar
Muitas vezes um passageiro queixa-se de que não está a sentir a frescura do ar condicionado e pede para aumentar a intensidade do fluxo de ar. No entanto, o problema não está na temperatura nem na intensidade, mas sim na direção em que estão apontados os difusores.
Os difusores devem estar direcionados para cima, não para o rosto cara. Com o devido direcionamento, consegue que o ar condicionado se espalhe por todo o automóvel e chegue a todos os passageiros num processo uniforme. Além disso, é sempre bom lembrar que o ar quente sobe…
 
– O ar condicionado também requer manutenção…
Tal como o óleo lubrificante, os pneus ou o fluido de freios, o sistema de climatização também precisa de manutenção específica. Recomenda-se a substituição do filtro a cada 15 mil ou 20 mil km, para que garantir que não há perdas de consistência no fluxo de ar nem deficiências na força de saída nas grades de ventilação.
 
 

Compartilhe!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *