Auto&Técnica | Desde 1995, 23 anos de boas notícias.

Dieselgate: candidato a chefão da VW USA se demite

Compartilhe!

A Volkswagen perdeu mais um executivo de destaque. Winfreid Vahland, indicado para CEO da Volkswagen norte-americana, não aceitou o cargo e se demitiu por não concordar com a estratégia apresentada pelo Grupo para a região.

Winfried-Vahland-630x330

Vahland, atual chefão da marca Skoda, deixa assim o Grupo após 25 anos de trabalho, sendo que no seu comunicado está explicado -de maneira polida- que a sua saída nada tem que ver com o escândalo da fraude nas emissões.

O executivo começou a sua jornada na Volkswagen em 1990, envolvendo-se em diversos cargos e projetos, na Alemanha e em outros países. Em 2005, assumiu a sua primeira grande responsabilidade ao tornar-se CEO da VW China, contribuindo diretamente para o desenvolvimento da marca naquele mercado. Em 2010 foi nomeado chairman da Skoda, onde desempenhou papéis de extrema importância ao nível do desenvolvimento do marketing da marca. Há cerca de três semanas, foi indicado para CEO da VW USA, lugar que declinou ocupar.

Matthias Müller, CEO do Grupo VW, afirmou que “durante estes 25 anos, Vahland foi um diferencial da empresa, e por isso agradece toda a sua dedicação, respeitando obviamente a sua decisão”.


Compartilhe!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *