Auto&Técnica | Desde 1995, 23 anos de boas notícias.

Dodge Challenger SRT Hellcat: destruído em menos de 30 km

Compartilhe!

Acredite se quiser. Este Dodge Challenger SRT Hellcat foi de zero ao ferro-velho em menos de 30 km.

Dodge-Challenger-SRT-Hellcat-e1493994968405
Mais um carro frequentando o mercado de esportivos usados em péssimo estado. E não é um carro qualquer. Este Dodge Challenger SRT Hellcat nasceu pensando que viveria muito tempo, mas não foi o que aconteceu. Tudo por culpa de um barbeiro atrás do volante. Sabe aquela sensação indescritível de sair do concessionário com um carro novinho em folha, cheirando aquela mistura de tinta, cola e verniz? No caso deste Dodge Challenger SRT Hellcat, o proprietário teve essa sensação por apenas alguns quarteirões apenas.

Até a recente chegada do Dodge Challenger SRT Demon, o SRT Hellcat era considerado o muscle car de série mais potente de todos os tempos. A questão é que domar os 717 cv de potência e os 88 mkgf de torque –gentil cortesia do motor 6.2V8 HEMI– não é tarefa fácil para mãos e pés inábeis.

O acidente, cujos detalhes são desconhecidos, aconteceu em Maryland, nos Estados Unidos, exatamente 18 milhas (cerca de 29 km) depois do carro deixar a concessionário com um despreparado ao volante. Apesar da destruição, os airbags aparentam estar preservados…

O Dodge foi parar na Cleveland Power & Performance, e agora está disponível para quem o quiser comprar e tentar salvar. Só sobrou a mecânica e o interior.


Compartilhe!
English English Français Français Deutsch Deutsch Italiano Italiano Português Português Español Español