DOPING: EX-PILOTO DE F-1 PEGA 18 MESES DE SUSPENSÃO

Compartilhe!

Reincidente, Enge vai ficar afastado das pistas.

O ex piloto de Fórmula 1, Tomas Enge foi suspenso das provas de automobilismo por 18 meses, depois de ter sido apanhado num exame anti-doping feito Federação Internacional do Automóvel (FIA).

O piloto tcheco tem assim novamente interrompida a sua carreira, repetindo o que já havia acontecido em 2002, quando perdeu o título da Fórmula 3000, depois que o exame deu positivo e indicou a presença de substâncias proibidas no organismo.

Tomas Enge, de 35 anos, chegou a pilotar na F-1 para a Prost, em três corridas em 2001, declarou estar “profundamente chocado” com a decisão. O piloto nega ter tomado qualquer substância estimulante, esclarecendo que avisou à FIA de que estava usando medicamentos específicos para um problema de saúde crônico que o incomoda há algum tempo.

Nesta temporada, o piloto participava do Mundial FIA GT1 ao volante de um Lamborghini Gallardo LP600 da equipe Reiter Engineering.


Compartilhe!
简体中文 简体中文 English English Français Français Deutsch Deutsch Italiano Italiano 日本語 日本語 Português Português Español Español