Auto&Técnica | Desde 1995, 23 anos de boas notícias.

E a Fórmula 1 se despediu de Jules Bianchi

Compartilhe!

Várias personalidades da Fórmula 1 e de outros esportes motorizados, compareceram à despedida de Jules Bianchi, falecido na última sexta-feira, após nove meses em coma, consequência de um acidente absurdo no GP do Japão de Fórmula 1, no ano passado.

948x632

Numa cerimônia privada, que aconteceu na Catedral de Sainte Reparate, em Nice, na França, pilotos de várias gerações, como Alain Prost, Lewis Hamilton, Nico Rosberg, Sebastian Vettel, Felipe Massa e Romain Grosjean, entre outros, marcaram presença no funeral do ex-piloto da Marussia.

Além de familiares e pilotos, na cerimônia estiveram também presentes Jean Todt, presidente da Federação Internacional do Automobilismo (FIA), Christian Estrosi, presidente da câmara municipal de Nice, e Thierry Braillard, secretário de Estado francês de esportes.

Bianchi faleceu na última sexta-feira, depois de nove meses em coma, na sequência de uma saída de pista no GP do Japão, no circuito de Suzuka. Sob condições atmosféricas adversas, devido à chuva e reduzida visibilidade, o francês, ao volante do Marussia número 17, colidiu com uma grua que retirava o Sauber acidentado de Adrian Sutil da brita.

O piloto foi de imediato transportado para o hospital de Mie, no Japão, no qual foi operado por causa das graves lesões cerebrais, ficando desde esse dia em coma, estado do qual nunca chegou a recuperar.

Que descanse em paz e que sua família tenha muita luz e paz para tentar superar esse momento.


Compartilhe!
English English Français Français Deutsch Deutsch Italiano Italiano Português Português Español Español