Auto&Técnica | Desde 1995, 23 anos de boas notícias.

Escândalo VW: 500 mil Seat também envolvidos

Compartilhe!

Os motores a diesel envolvidos no escândalo do grupo Volkswagen podem ter equipado cerca de 500 mil veículos da Seat, marca espanhola pertencente à empresa, afirmou o jornal “El País” . A Seat afirma ter equipado alguns dos seus modelos com o motor 2.0 TDI, que nos Estados Unidos foram flagrados com um software que permitia a alteração dos dados de emissões de gases poluentes quando estivessem em teste.

seat_logo1

No entanto, a marca não confirma nem desmente o número de motores usados nos seus automóveis, confirmando apenas o número geral de 11 milhões de veículos VW afetados. Segundo o mesmo jornal, os motores em questão, também utilizados em modelos Volkswagen e Audi, teriam sido montados na fábrica de Martorell, em Barcelona e comercializados até este ano.

Atualmente, a Seat afirmou ao “El País” que os modelos Seat à venda não estão equipados com os motores adulterados, respeitando a norma Euro 6 vigente na União Europeia.


Compartilhe!
English English Français Français Deutsch Deutsch Italiano Italiano Português Português Español Español