Auto&Técnica | Desde 1995, 23 anos de boas notícias.

Escândalo VW faz mais uma vítima: cancelado o Golf R 400

Compartilhe!

E o “Escândalo Volkswagen” continua fazendo suas vítimas. Obrigada a cortar custos na esteira da descoberta fraude relacionada com a manipulação das emissões dos motores diesel, a Volkswagen ao que tudo indica sepultou o projeto de desenvolvimento do Golf R 400, que chegou a estar na pauta de lançamento no futuro próximo, em baixa escala.

 vw-golf-r-400-fullpower-4-1024x527

Apresentado em formato de concept no Salão de Pequim de 2014, então com a chefia de Heinz-Jakob Neusser que era  o responsável pelo projeto, o Golf R 400 (referência à potência de 400 cv do motor 2.0 TSI) era visto como uma proposta extrema para mostrar a competência dinâmica e esportiva da Volkswagen, com a sua produção em número limitado sendo uma hipótese bastante forte.

Mas, com o a polémica relativa aos gases de NOx nos motores diesel EA 189, a marca alemã atravessa um momento dramático, de enormes alterações, com diversos executivos do comando da empresa sendo afastados de cargos de decisão, entre eles o próprio Neusser. Assim, de acordo com fontes da marca ouvidas pelo Automotive News, o projeto do Golf R 400 foi arquivado, derrotado pelas implicações do caso das emissões dos motores diesel.

Por outro lado, a Volkswagen parece não querer abandonar o projeto de um Golf mais potente, mesmo que não seja tão radical quanto o R 400. De acordo com as mesmas informações, está em desenvolvimento um projeto mais elaborado com base no mesmo motor de dois litros com mais de 400 cv, mas que estará reservado para a Audi (que continua trabalhando nesse motor) e não para a Volkswagen, enquanto o grupo reorienta a estratégia comercial da marca Volkswagen.

A Automotive News adianta, ainda, que o Golf R poderá também ter continuidade em 2020, com a nova geração do compacto familiar, mas apostando essencialmente na redução de peso, embora também possa ganhar ligeiro incremento nos valores de potência. Depende de como estará o caixa da Volkswagen…


Compartilhe!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *