Carros

Escocês: Munro MK1 é 4×4, elétrico e muito eficiente

Compartilhe!

O Munro Mk_1 já é uma realidade: Aqui você tem o 4×4 elétrico mais capaz do mercado (por enquanto)

A Munro, a única empresa de produção de carros da Escócia, apresentou seu primeiro veículo, o fora-de-série Munro Mk1. Projetado e construído na Grã-Bretanha, o Munro MK1 é o 4×4 elétrico mais eficiente do mundo, segundo a empresa. Pelo menos por enquanto. O modelo combina um powertrain elétrico de última geração de 220 ou 280 kW com uma linha de transmissão mecânica robusta e fácil de manter, que oferece capacidade off-road realmente para níveis radicais.

por Ricardo Caruso

Capaz de transportar cinco pessoas para os locais mais acidentados possíveis, com capacidade de carga útil de 1000 kg e uma capacidade de reboque de 3500 kg, o Munro representa tudo o que se precisa de um off-road extremo, sustentável e prático.

Munro Mk_1

Com preço na Europa em torno de US$ 60 mil (mais impostos), este modelo será construído à mão já no próximo ano.

A escolha de um motor elétrico de fluxo axial oferece vantagens em relação a uma unidade de fluxo radial. A natureza compacta do motor de fluxo axial permite que o peso seja reduzido pela metade (de 80 kg para 40 kg no caso do Munro) em comparação com um motor de fluxo radial. Também permite que a unidade esteja localizada entre os dois ocupantes dos bancos dianteiros, e isso resulta em uma distribuição de peso dianteira/traseira de quase 50/50.

Além disso, enquanto a maioria dos motores elétricos gira até 15.000 rpm e, portanto, requer uma transmissão de engrenagem, o motor axial do Munro gira entre 5.000 e 8.000 rpm. Essa taxa de rotação relativamente baixa elimina a necessidade de uma transmissão com caixa de câmbio e o peso e a complexidade adicionais que a acompanham, permitindo que a transmissão seja feita direto para a caixa de transferência da transmissão a partir do motor. A transmissão é de duas velocidades.

O Munro também possui um sistema de frenagem mecânica. O uso de discos não ventilados em vez de ventilados evita qualquer queda potencial no desempenho dos freios, porque a lama obstrui os espaços de ventilação dentro dos discos.

O Munro é oferecido com a opção de escolha entre dois motores elétricos, 220kW (295 cv e 60 mkgf) e 280kW (375 cv e 70 mkgf), juntamente com a opção de duas baterias, 61 kWh e 82 kWh, dando autonomia de até 305 km. A bateria do veículo inclui 35 módulos de bateria de lítio montados em três gabinetes de alumínio para serviço pesado sob o veículo.

O Munro é oferecido com duas opções de carregamento AC, 7 kW para recarregar a bateria durante a noite e 22 kW, que fornece uma carga completa em cerca de três horas e meia. Um carregador CC CCS também é fornecido com o jipão, permitindo que a bateria seja recarregada em pouco mais de 30 minutos.

O modelo pode acelerar de zero a 100 km/h em 4,9 ou 7,6 segundos, conforme a versão.

A agilidade off-road do veículo é reforçada pela distância ao solo de 480 mm e pela capacidade de percorrer trechos alagados a uma profundidade de 80 cm. Os ângulos de ataque e saída são igualmente impressionantes -84 e 51 graus- além de um ângulo ventral de 148 graus. O ângulo ventral é a amplitude central do veículo. Esta é medida entre o espaço das rodas e o meio do fundo do carro. Deverá ser suficiente para não tocar no solo ou pedras.

O Munro é montado em um chassi de longarina, do tipo escada, com barra transversal e feito de aço galvanizado.

A segurança não é esquecida, e é por isso que o modelo tem a carroceria feita de aço de alta resistência; o Munro fornece ainda proteção completa contra capotamento. O reforço opcional do teto também está disponível para proteção contra queda de objetos.

Equipado com sistema elétrico de 12 volts como padrão, o Munro é oferecido com uma escolha de conversores CC de baixa e alta potência para elementos auxiliares de energia, como guinchos e faróis. Além de duas tomadas USB C e dois sistemas de carregamento sem fio para smartphones, o Munro está equipado internamente com duas tomadas domésticas.

O primeiro Munro MK1 a sair da linha está pronto para entrar para a história como o primeiro feito na Escócia desde que a Peugeot-Talbot encerrou as operações em Linwood, em 1981. Atualmente sediada em East Kilbride, a Munro tem planos de expandir para uma instalação de produção bem maior no centro da Escócia em 2024.


Compartilhe!
1713528120