Auto&Técnica | Desde 1995, 23 anos de boas notícias.

Este é o novo Jeep Renegade

Compartilhe!

A Jeep revelou as primeiras imagens do seu renovado Renegade, que tem data de estreia marcada para esta semana, dia 6 de junho: será no Salão do Automóvel de Turim, na Itália. Na sequência, algumas das novidades deverão chegar ao Brasil, provavelmente para o Salão do Automóvel. A primeira imagem oficial divulgada foi da lanterna traseira.

O novo Renegade conta com vários elementos redesenhados, incluindo nova grade, outros pára-choques e lanternas traseiras modernizadas. Mas deverá ser nos motores que teremos as maiores novidades. A Jeep confirmou que o seu renovado modelo irá ter novos motores de três e quatro cilindros a gasolina, pertencentes à chamada família GSE (Global Small Engine) do grupo FCA: 1.0 turbo de 120 cv e 1.3 turbo de 150 e 180 cv. A caixa de câmbio deverá ser automática de dupla embreagem.


O Renegade deixará de ser o Jeep mais barato da marca em alguns anos. O chefão Sergio Marchionne anunciou que um “Baby Renegade” está a caminho, provavelmente para 2022.

Desenvolvidos pelos italianos a partir dos já conhecidos GSE que foram apresentados primeiro no Brasil, os FireFly turbinados tem potência surpreendente. O 1.0 de três cilindros tem 120 cv e 19,4 mkgf de torque, enquanto o 1.3 tem 150 cv e 180 cv. O cabeçote MultiAir evoluiu, e agora é chamado de MultiAir II, o que em conjunto com o uso de turbocompressor, garantem torque e potência acima do normalmente atingido por motores turbo de mesma cilindrada.
Além do cabeçote MultiAir II, os novos motores também têm ciclo de funcionamento Miller. E devem chegar ao Brasil junto com a reestilização do Renegade. Com isso, um possível Renegade 1.0 turbo poderia chegar ao mercado com preços mais competitivos.


Compartilhe!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *